Terça-feira, 07 de fevereiro de 2023

Polícia descarta que morte de corretora foi causada por bala perdida

Patrícia Moreira Andrade foi baleada na cabeça e bateu o seu carro contra um poste no Setor Sudoeste, em Goiânia

Postado em: 12-04-2016 às 14h30
Por: Redação
Patrícia Moreira Andrade foi baleada na cabeça e bateu o seu carro contra um poste no Setor Sudoeste, em Goiânia

A Polícia Civil descartou a hipótese de que a corretora de
seguros Patrícia Moreira Andrade, de 33 anos, teria morrido por causa de uma
bala perdida. A corretora foi baleada na cabeça e bateu o seu carro contra um
poste no Setor Sudoeste, em Goiânia.  Os peritos
da Polícia Técnico Científica estiveram nesta segunda-feira (11) no local para
coletar as primeiras provas.

A polícia também vai analisar as câmeras de seguranças segurança
e aguarda o resultado dos exames para confirmar o calibre das armas usadas.

Continua após a publicidade

Patrícia foi socorrida pelo o Samu e foi levada  para o Hospital de Urgências de Goiânia, mas
não resistiu aos ferimentos. O corpo da corretora foi velado e sepultado no
domingo (10) em Itaberaí.  

Veja Também