Sábado, 04 de fevereiro de 2023

PC prende cinco mulheres que criavam anúncios falsos para venda de carros de luxo

Três vítimas de Goiás efetuaram pagamento às golpistas e nunca mais tiveram retorno.

Postado em: 06-12-2021 às 10h02
Por: Ícaro Gonçalves
Três vítimas de Goiás efetuaram pagamento às golpistas e nunca mais tiveram retorno | Fotos: Divulgação/ PCGO

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu na última semana cinco mulheres em Cuiabá (MT), acusadas de praticarem o crime conhecido como “falso intermediador” contra vítimas de Goiás. Segundo a Polícia, o golpe consistia em fraudar anúncios de carros de terceiros em sites de venda, e receber o valor pelos veículos mesmo sem entrega-los. As mulheres já causaram prejuízos de mais de R$ 300 mil às vítimas.

A investigação ocorreu por meio do Grupo de Repressão a Estelionatos e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC). No primeiro caso registrado, uma vítima de Goiânia foi induzida ao erro, e acreditou estar adquirindo uma caminhonete de luxo pelo valor de R$160 mil. Ela efetuou o pagamento à golpista, mas nunca mais recebeu retorno.

No segundo caso, de maneira muito semelhante, uma vítima de Rio Verde se interessou por uma caminhonete de luxo anunciada pelas golpistas. Ele sofreu um prejuízo de R$138 mil após efetuar o depósito e não ter mais o retorno das golpistas.

Continua após a publicidade

Um terceiro e último caso envolve uma vítima de Crixás, que perdeu R$10 mil. As suspeitas foram localizadas e presas em Cuiabá, no estado do Mato Grosso. As investigações prosseguem para a identificação dos demais envolvidos.

Veja Também