PC apreende armas, drogas, e carga de bebidas ilegais avaliada em R$ 1 milhão, em Santa Helena

Os proprietários já figuravam como investigados nos crimes de organização criminosa, sonegação fiscal e receptação.

Postado em: 13-01-2022 às 09h01
Por: Ícaro Gonçalves
Os proprietários já figuravam como investigados nos crimes de organização criminosa, sonegação fiscal e receptação | Imagens: Divulgação/ PCGO

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) deflagrou nessa quarta-feira (12/1) a terceira fase da Operação Triângulo das Bebidas. Nesta fase, os policiais fiscalizaram uma empresa de revenda de bebidas do município de Santa Helena de Goiás, onde foram apreendidas armas ilegais, drogas, e uma carga de bebidas sem comprovação de origem avaliada em quase R$ 1 milhão.

A operação ocorreu por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) e da Delegacia da Mulher (Deam) de Santa Helena, em conjunto com o Batalhão Fazendário da PMGO e auditores da Secretaria da Economia de Goiás (SECON).

Durante a fiscalização no local, foram identificados inúmeros fardos de refrigerantes, cervejas e destilados sem documentação que comprovasse sua origem. Segundo a PCGO, os produtos podem ser fruto de roubo de cargas, ou de esquemas de sonegação fiscal.

Continua após a publicidade

Também foram apreendidas duas armas de fogo, uma espingarda e um revólver, drogas embaladas para revenda, balança de precisão e dinheiro. Os proprietários já figuravam como investigados por crimes de organização criminosa, sonegação fiscal e receptação.

O prejuízo aproximado causado com as práticas delitivas ultrapassa um milhão de reais. O dono do comércio foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. As investigações prosseguem a fim de identificar outros envolvidos no esquema criminoso.

Veja cenas da operação a seguir:

Veja Também