Polícia Civil realiza operação contra fraudes à licitação no município de Goianésia

Na ação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em propriedade rural de um dos investigados, onde foi apreendida uma arma de fogo.

Postado em: 28-01-2022 às 16h30
Por: Almeida Mariano
Na ação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em propriedade rural de um dos investigados, onde foi apreendida uma arma de fogo. | Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) realizou na última quinta-feira (27), a 2ª fase da operação Coroa de Flores. Na ação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em propriedade rural de um dos investigados, onde foi apreendida uma arma de fogo.

Também foram determinados o afastamento das funções do vereador investigado e o bloqueio de bens e valores que poderão ser utilizados para o ressarcimento dos cofres da Câmara Municipal da cidade de Goianésia. As investigações estão em sua fase final e os envolvidos poderão responder por crimes de associação criminosa, fraude a licitação e peculato, cujas penas máximas se somadas podem chegar a 19 anos de prisão.

O objetivo da operação cumprir 09 mandados de busca e apreensão em residências, estabelecimentos comerciais e na Câmara Municipal do município de Goianésia por supostas fraudes a licitação na aquisição de coroas de flores para ornamentar cerimônias de velórios na cidade.

Veja Também