Locais populares de compras na Capital estão todos regularizados e sem riscos de incêndios

Postado em: 06-04-2022 às 08h14
Por: Redação
O camelódromo da Rua 4, no Centro, conta com vistorias periódicas do Corpo de Bombeiros | Foto: Pedro Pinheiro

Por Ítallo Antkiewicz

O incêndio que aconteceu no Panda Atacadão, antigo Banana Shopping, na tarde da última segunda-feira (4), levou a reportagem do jornal O Hoje a percorrer outros locais de compras populares na Capital, como os camelódromos de Campinas e o da Rua 4, no Centro, para verificar a segurança dos lojistas e compradores. Entretanto, Comerciantes e Corpo de Bombeiros afirmam que está tudo regularizado e que a população não corre risco.

Comerciante há 28 anos no Camelódromo da Rua 4, Márcia Vaz Machado, 64 anos, ressalta que ela não tem medo algum de trabalhar no camelódromo. “O local é muito bem vistoriado, tudo muito bem regularizado. O Corpo de Bombeiros sempre está presente fazendo as vistorias necessárias. Desde quando comecei a trabalhar aqui, não vi nada irregular, é sempre bem cuidado”, afirma.

Verlândio Paraíso Souza, 50 anos, que trabalha em camelódromos há 25 anos,  afirma que até hoje nunca presenciou nenhuma situação de risco nestes locais. “Todo mês o Corpo de Bombeiros está por aqui vistoriando. Tudo que precisa ser feito para melhorar a segurança de nós, comerciantes, e dos compradores, é sempre realizado com muita cautela, me sinto muito seguro em trabalhar aqui, não há problema algum”.

Comerciante há 30 anos, Gercino do Vale, 69 anos, ressalta que o camelódromo é bem cuidado e equipado, e não tem risco algum. “Toda noite tem seguranças por aqui, a fim de evitar qualquer problema que venha surgir, aqui é bem tranquilo, temos inúmeras saídas de emergência, extintores em todos os locais determinados. O Corpo de Bombeiros é sempre prestativo nas vistorias que realizam todo mês, para deixar os locais mais seguros, e trazer tranquilidade para os lojistas e compradores”, afirma.

Captadora de clientes, Thais da Silva, 25 anos, é cliente de algumas lojas do camelódromo, e para ela é bem tranquilo frequentar esses lugares como compradora. “Não tenho medo e nem problema algum em frequentar esses lugares. Sou cliente há anos, nunca tive problema com isso. Aconteceu esse incêndio no antigo Banana Shopping, mas isso não interferiu em nada, tanto que hoje estou aqui fazendo algumas compras”, afirma.

Em entrevista ao jornal O Hoje, o tenente do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros Rafael Avelar Siade, afirmou que as vistorias estão sempre em dias nos camelódromos. “Todo mês a corporação dos Bombeiros realiza vistorias nesses locais, sempre visando pela segurança e tranquilidade da população que frequenta esses ambientes”.

De acordo com o tenente, os locais populares de compras em Goiânia são vistoriados mensalmente e contam com todos equipamentos de segurança. “O Corpo de Bombeiros está sempre presente, para fazer a segurança da população, caso venha acontecer algum imprevisto. Sempre verificamos se tem indicadores suficientes para a saída de emergência, se os extintores estão em perfeito estado e em locais visíveis, às pessoas não precisam se preocupar, pois está tudo regularizado dentro da Lei”, afirma.

O tenente Rafael Avelar Siade ressalta ainda que o Corpo de Bombeiros presta toda assistência aos lojistas. “Os comerciantes têm todo apoio nosso, sempre estamos verificando as condições dos locais e auxiliando nas melhorias para trazer segurança e conforto”. Segundo ele, as fiscalizações e vistorias que foram realizadas até o momento não identificaram nenhuma irregularidade, estava tudo como previsto. “Os comerciantes e compradores podem ficar tranquilos”.

Incêndio em cinema do Centro de Goiânia adia mostra “O Amor, a Morte e as Paixões”

A 14ª edição da mostra de cinema “O Amor, a Morte e as Paixões” precisou ser adiada após um incêndio atingir a Galeria CineX, no antigo Banana Shopping, nesta segunda-feira (4). A galeria fica na Av. Araguaia do Centro de Goiânia e seria sede do evento, que estava previsto para ocorrer entre os dias 8 e 21 de abril.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, apuradas pelo jornal O Hoje, as chamas do incêndio se alastraram por toda extensão de uma das salas do cinema. Uma grande quantidade de pessoas estava no local e registraram os momentos. Após a ação dos bombeiros, as chamas foram controladas. Não houve registro de vítimas.

De acordo com informações, o trabalho para conter e extinguir as chamas e rescaldo durou aproximadamente 15 horas. Devido às rachaduras nas paredes, causadas pelo incêndio, foi preciso interditar o centro comercial por tempo indeterminado. 

O Corpo de Bombeiros informou que ainda não foram identificadas as causas do incêndio que ocorreu nas salas de cinema. A corporação destacou que há 20 dias foi realizada uma vistoria no local e tudo estava dentro dos conformes. “Nós ainda estamos apurando as causas”, explica o tenente Rafael Avelar Siade.

Em vídeos que circulam nas redes sociais e que, provavelmente, foram feitos pela equipe de resgate, por passantes e vizinhos, é possível ver as chamas destruindo a sala de cinema, assim como uma espessa fumaça preta tomando conta do local. Devido ao fato ter a sua estrutura abalada e por estar localizado ao lado de um prédio residencial, ambos os locais foram evacuados e interditados para a segurança de todos.

Agentes da Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM) realizaram o controle viário na região e o trecho entre a Avenida Araguaia com as Ruas 82, 1 e 2 foi bloqueado. Ainda segundo a SMM, os desvios para o tráfego foram realizados para a Rua 94 com Avenida 85; Avenida Araguaia com Rua 21; Praça Cívica com a Avenida Araguaia; Rua 2 com Avenida Araguaia e Avenida Goiás com a Avenida Tocantins.

Em nota, a assessoria do CineX informou que uma nova data para os eventos deve ser anunciada em breve. “Não houveram vítimas e o local foi deixado por lojistas e colaboradores rapidamente, recebendo assim, o Corpo de Bombeiros. Portanto, a 14ª mostra “O Amor, a Morte e as Paixões”, será adiada e a nova data será informada em breve”, finalizou a nota.

Compartilhe: