Babá de Goiânia é investigada por denunciar falso crime de estupro contra criança de 7 anos

Postado em: 20-04-2022 às 12h02
Por: Ícaro Gonçalves
A babá deve ser indiciada, ao fim do inquérito, pelo crime de denunciação caluniosa | Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) informou na noite de ontem (19/4) que deu início a uma investigação contra uma babá de Goiânia, que teria denunciado um falso crime de estupro contra uma criança de 7 anos que vive na casa onde trabalhava. Segundo a PCGO, a babá já tem passagens policiais por fatos semelhantes.

A investigação ocorre por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Goiânia. De acordo com a DPCA, a mulher teria inventado a história, afirmando que um amigo da mãe, sua patroa, estaria abusando da criança de 7 anos. Ao tomar conhecimento dos fatos, os policiais civis da DPCA colheram depoimentos dos envolvidos e analisaram filmagens.

A mãe é separada do pai e havia contratou a mulher há cerca de 12 dias. Na investigação das câmeras de segurança, nenhuma das imagens coletadas apontou indícios de atos sexuais entre o amigo da mãe e a criança. As pessoas ouvidas também disseram não ter testemunhado nenhum ato contra a menor ou comportamento estranho. As imagens mostram o homem brincando com a menina, apertando seu braço, sem tocar em nenhuma parte íntima, nem fazer gestos lascivos.

A babá deve ser indiciada, ao fim do inquérito, pelo crime de denunciação caluniosa. Além disso, ela já tem passagens policiais anteriores por fatos semelhantes, ao criar histórias fantasiosas. No caso em apreço, não se verificou abuso sexual contra a menor.

Compartilhe: