50 turistas hospedados em resort do Rio Quente apresentaram sinais de intoxicação alimentar

Postado em: 26-04-2022 às 11h21
Por: Jennifer Neves
No entanto, a prefeitura do município afirmou que não foram encontradas irregularidades, após inspeção no hotel | Foto: Reprodução

Um turista hospedado no complexo Rio Quente Resorts afirmou que mais de 50 hóspedes do local passaram mal por suspeita de intoxicação alimentar. A prefeitura do município foi ao hotel, nesta segunda-feira (25/04), para realizar uma inspeção, mas a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Rio Quente informou que não foi encontrada nenhuma irregularidade.


“Durante a audiência, segundo o secretário da pasta, André Luis, foram solicitados exames laboratoriais realizados nos alimentos coletados. Além disso, foi realizada uma vistoria nas cozinhas do complexo e ficou definido que a gestão municipal vai analisar os relatórios médicos dos pacientes. A Vigilância Sanitária informa, diante disso, que nenhuma irregularidade foi encontrada.”


No entanto, o hóspede, que preferiu não se identificar, disse que das 50 pessoas, inclusive o filho de 11 anos, passaram mal e precisaram ser levadas ao ambulatório do resort, após fazer refeição no local.
O resort detalhou em nota que o ambulatório recebe diariamente cerca de 30 pessoas com algum tipo de indisposição, “que pode ser gerada por alimentação, grande exposição ao sol, bebidas alcoólicas e/ou desidratação”. Além disso, destacou que, no dia citado na denúncia, a média foi a mesma, apesar do número de clientes estar três vezes maior por ser feriado – ou seja, alta ocupação.

Veja a nota completa:


“Normalmente, o ambulatório do complexo recebe em torno de 20 a 30 pessoas por dia com algum tipo de indisposição, que pode ser gerada por alimentação, grande exposição ao sol, bebidas alcoólicas e/ou desidratação. Importante reforçar que o número de atendimentos realizados neste dia está dentro da média, levando em consideração que o número de clientes estava três vezes maior por ser feriado (alta ocupação).


De todas as refeições servidas são retiradas amostras para que a qualidade seja avaliada. Ou seja, temos um processo preventivo de análise que é seguido de forma criteriosa por nossa equipe.
No caso de ontem, houve um número um pouco maior na procura, o que está sendo acompanhado de perto pela equipe de nutricionistas do resort, que em está em contato com as pessoas atendidas. Não houve nenhum caso grave. Hoje, os atendimentos estão abaixo do número normal.


Já enviamos os alimentos para análise e averiguação mais detalhada. Também estamos levantando junto aos hóspedes se ingeriram alimentos na Esplanada de Rio Quente, que abriga feiras e vários restaurantes, já que a maior parte que procurou o ambulatório estava em um hotel externo do complexo.
Reforçamos que nosso compromisso com a saúde e segurança dos nossos hóspedes é prioridade e oferecemos tratamento emergencial para todos os clientes.”

Compartilhe: