Estudante denuncia injúria racial durante partida de basquete, em Caldas Novas

Postado em: 12-05-2022 às 09h02
Por: Luan Monteiro
Gravações do jogo mostram gritos imitando macacos quando garoto pega na bola; ele também sofreu xingamentos | Foto: Arquivo Pessoal/Celize Gomes

Um estudante, de 16 anos, denunciou ter sofrido injúria racial durante uma partida de basquete realizada na última quinta-feira (05/05) em Caldas Novas, Região Sul de Goiás. Segundo o aluno, ele foi chamado de “preto do caralho” por pessoas que estavam na arquibancada. Gravações da partida também mostram alunos fazendo sons de macacos durante a partida.

A mãe da vítima, Celize Gomes, compartilhou em suas redes sociais um desabafo sobre a situação sofrida pelo filho. “Não porque quero lacre, e sim em forma de protesto, de expor essa realidade que não somente o meu filho passa, mas muitos passam, é triste e está me doendo. Passei por isso tantas vezes e me dói como mãe saber que isso ainda existe. Não é mimimi, não é vitimismo, essa monstru0sidade machuca a quem é atingido. Basta não dá mais. É combater diariamente sem cansar”, disse ela.

Em entrevista ao portal Metrópoles, Celize afirmou que se sentiu impotente diante do ocorrido. “Sentimento de muita tristeza. Me senti impotente, porque eu não estava lá na hora do acontecido, eu estava trabalhando. Eu não pude fazer nada pelo meu filho, a não ser protestar contra esse crime, expor no sentido de combater e conscientizar”.

A mãe da vítima também afirmou que não chegou a registrar ocorrência sobre o caso, pois não era possível identificar o autor da ofensa gravada.

Compartilhe: