Mulher é indiciada por torturar sobrinho de 1 ano em Goianira

Postado em: 13-05-2022 às 08h13
Por: Luan Monteiro
Criança ficou internada com ferimentos e suspeita de maus-tratos; suspeita chegou a ser detida, mas foi liberada | Foto: Reprodução

A Polícia Cívil de Goiás (PC-GO) indiciou a tia de uma criança de 1 ano e dois meses por tortura. O bebê chegou a ser internado com lesões e traumatismo craniano. O marido da mulher foi indiciado por omissão, ao não socorrer a vítima.

O caso ocorreu no dia 28 de abril em Goianira, Região Metropolitana de Goiânia. O bebê foi levado ao Hospital da cidade por uma mulher que argumentou uma queda de escada, porém, o médico que realizou o atendimento suspeitou das lesões e acionou o Conselho Tutelar.

Devido à gravidade do caso, o menino foi transferido para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. Após receber alta, a vítima foi levada a um abrigo por meio de decisão judicial.

Compartilhe: