Polícia prende suspeitos de torturar e matar idosa, em Goianira

De acordo com a investigação, o dinheiro roubado foi usado para aquisição de drogas para consumo e venda (Foto: Reprodução)

Postado em: 25-05-2022 às 10h05
Por: Francisco Costa
De acordo com a investigação, o dinheiro roubado foi usado para aquisição de drogas para consumo e venda (Foto: Reprodução)

As Polícias Civil (PC) e Militar (PM) cumpriram sete mandatos e prenderam dois homens e uma mulher – e apreendeu um adolescente – suspeitos de um latrocínio que aconteceu em Goianira, em 10 de fevereiro deste ano. Eles são acusados de torturar e matar uma idosa de 63 anos, na casa dela, com uma paulada na cabeça para roubar dinheiro.

A Polícia Civil não divulgou os nomes dos suspeitos. A mulher que foi presa, entretanto, é a mãe de um dos acusados. A delegada Silvana Nunes confirmou ao O Hoje que ela se beneficiou e sabia do crime, mas não comentou mais detalhes.

De acordo com a investigação, o dinheiro roubado foi usado para aquisição de drogas para consumo e venda. Ainda segundo a polícia, os suspeitos vigiavam a rotina da idosa.

Continua após a publicidade

O menor apreendido será encaminhado à Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Goiânia e os maiores ao Presídio de Trindade. Todos estão à disposição do Poder Judiciário.

A ação que prendeu os suspeitos foi chamada de Operação Animus Necandi 2 – Goianira.

Veja Também