Quatro idosos são resgatados em situação de vulnerabilidade no Orizona

Uma sobrinha foi definida como curadora, responsável por ajudar na busca de uma solução que assegurasse os direitos básicos à dignidade do grupo

Postado em: 21-07-2022 às 10h41
Por: Rodrigo Melo
Uma sobrinha foi definida como curadora, responsável por ajudar na busca de uma solução que assegurasse os direitos básicos à dignidade do grupo | Foto: MP-GO

Quatro idosos foram resgatados em situação de vulnerabilidade em uma fazenda no município de Orizona, a 135 km de Goiânia. Os idosos que são irmãos e tem idade acima de 80 anos, foram encontrados em condições insalubres, numa casa com estrutura comprometida, vivendo em meio a muito lixo e sujeira.

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) propôs uma ação de interdição com pedido de proteção provisória para os irmãos. O promotor de Justiça Diego Osório da Silva Cordeiro, titular na comarca, tomou conhecimento da situação por meio do Serviço Municipal de Assistência Social. As precárias condições da habitação e falta de higiene do local motivaram a propositura da ação.

Leia também: Goiânia já registra mais de 400 denúncias de violência contra idosos

Continua após a publicidade

Todos os procedimentos foram precedidos de diligência e inspeção judiciais para garantir a defesa dos direitos da pessoa idosa. Foi constatada a incapacidade dos irmãos de cuidarem de si mesmos, inclusive nas questões relacionadas à saúde.

A família é acionada para cuidar dos idosos

A casa em fazenda depois de reforma

Como os idosos não possuem descendentes diretos, uma reunião foi solicitada pelo promotor com parentes dos quatro. Uma sobrinha foi definida como curadora, responsável por ajudar na busca de uma solução que assegurasse os direitos básicos à dignidade do grupo, mas sem impactar de forma drástica a rotina dos irmãos.

Leia também: Idosos “abandonados” pela família poderão ser acolhidos por outras pessoas em Goiânia

O promotor de Justiça esclarece que o caminho encontrado depois de muitas reuniões foi levar os idosos para a cidade, onde já possuíam residência própria. A casa foi reformada para recebê-los, aproveitando o mobiliário da fazenda.

Nos registros fotográficos feitos pela Promotoria de Orizona é possível ver que atualmente os idosos estão bem cuidados, vivendo em ambiente limpo, bem equipado e com assistência constante. Até uma horta foi plantada no quintal, ficando sob os cuidados dos quatro.

Veja Também