Agosto Dourado: Goiânia promove ações de incentivo ao aleitamento materno em unidades de saúde

Será promovido durante todo o mês de agosto, ações voltadas ao incentivo do aleitamento materno em unidades de saúde, Maternidade Nascer Cidadão

Postado em: 03-08-2022 às 07h32
Por: Rodrigo Melo
O leite materno é considerado o alimento mais completo para os bebês por saciar a fome, contribuir para a melhora nutricional, reduzir a chance de obesidade, hipertensão e diabetes | Foto: SMS-GO

Será promovido durante todo o mês de agosto, ações voltadas ao incentivo do aleitamento materno em unidades de saúde, Maternidade Nascer Cidadão (MNC), Hospital e Maternidade Dona Iris (HMDI) e Hospital e Maternidade Municipal Célia Câmara (HMMCC). Atividades integram a programação do Agosto Dourado, campanha que visa à conscientização acerca da importância da amamentação para saúde da criança na primeira infância.

A campanha Agosto Dourado foi criada em 1992 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). A cor se deve ao padrão ouro de qualidade do leite materno. Em Goiânia, as unidades de saúde organizam rodas de conversas, palestras e oficinas para incentivar o aleitamento materno e ressaltar os benefícios desta conduta para a mãe e bebê, dentre eles, fortalecer o vínculo.

Leia também: Doação de leite materno para Banco de Leite Humano pode salvar vida de bebês neonatais

Continua após a publicidade

Roda de conversa

Na manhã desta terça-feira (2/8), foram realizadas as primeiras ações na Unidade de Saúde da Família (USF) do Setor São Carlos e no HMDI. Nelas, cerca de 50 gestantes, puérperas e lactantes se reuniram para uma roda de conversa descontraída, com informações sobre aleitamento materno.

O debate tratou da importância da amamentação, uma vez que o leite materno é considerado o alimento mais completo para os bebês por saciar a fome, contribuir para a melhora nutricional, reduzir a chance de obesidade, hipertensão e diabetes. Também são benefícios a redução dos riscos de infecções e alergias, o efeito positivo na inteligência e o fortalecimento do vínculo entre mãe e bebê.

Cláudia Maria de Oliveira é dona de casa e está na 38ª semana de gestação. Participante do evento realizado na USF São Carlos, ela considerou que, apesar de já ser mãe de outras três crianças, “aprendi um pouco mais sobre a importância do aleitamento materno”. Segundo ela, “estou disposta a amamentar o bebê que está vindo, pelo menos, até os dois anos de idade”.

Benefícios

O pediatra explica que a orientação abrange “as formas corretas de pega e posicionamento do bebê no momento da amamentação, a importância do aleitamento exclusivo até o sexto mês de vida, e complementar até os dois anos de idade”.

Hora do Mamaço

Na programação do Agosto Dourado, a equipe responsável pelo Banco de Leite do HMDI preparou, para o dia 13 de agosto, às 09h, “A Hora do Mamaço”. O evento será no Parque Flamboyant, no Jardim Goiás, aberto ao público e tem como objetivo a reflexão, conscientização e sensibilização sobre a importância do aleitamento materno.

A equipe multidisciplinar da unidade realizará palestra, oficina e roda de conversa, além de sorteios de brindes. Outro ponto a ser destacado é a doação do leite materno, serviço oferecido pela Maternidade Nascer Cidadão e pelo Hospital e Maternidade Dona Iris. O leite doado atende, por exemplo, bebês prematuros que não têm a possibilidade de se alimentar do leite da mãe.

Veja Também