Comissão da Câmara aprova projeto que dá nome de Marília Mendonça ao Mercado Popular da 74

Com a proposta o mercado deverá ser chamado de "Centro Cultural Mercado Popular da 74 Marília Mendonça".

Postado em: 03-08-2022 às 15h07
Por: Ícaro Gonçalves
Com a proposta o mercado deverá ser chamado de "Centro Cultural Mercado Popular da 74 Marília Mendonça" | Foto: Secult

O Mercado Popular da Rua 74 deverá receber o nome da cantora e compositora Marília Mendonça, falecida em novembro do ano passado em um acidente de avião. O projeto que propunha a nomeação do mercado foi apresentado pelo vereador Geverson Abel (Avante) e teve aprovação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Com a proposta o mercado deverá ser chamado de “Centro Cultural Mercado Popular da 74 Marília Mendonça”. O lugar tornou-se referência na capital, guardando um pouco da memória interiorana no capital goiana. O local também ganhou destaque musical com o projeto Sons do Mercado, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), sendo palco semanalmente para shows de diversos gêneros.

Rainha do sertanejo

Marília Mendonça morreu no dia 5 de novembro de 2021, vítima de acidente aéreo, ocorrido no interior de Minas Gerais. A cantora começou a carreira se destacando como compositora de músicas sertanejas aos 12 anos de idade.

Continua após a publicidade

Leia também: Marília Mendonça: 27 anos de muita saudade; cantora recebe homenagens emocionantes de fãs e artistas

Compôs para diversas duplas até assumir a carreira de cantora, que deu a ela o título de “rainha da sofrência” e uma das precursoras do movimento “feminejo”, conhecido pelas mulheres que cantam o gênero musical, que até então era predominantemente masculino.

“A cantora Marília Mendonça é um ícone da música sertaneja e será lembrada por gerações pelo legado que deixou” afirma Abel, acrescentando que ela “levou o nome do nosso estado para todos os cantos do Brasil e do mundo por seu imenso talento e carisma”.

Veja Também