Terça-feira, 07 de fevereiro de 2023

Empresas de e-commerce instaladas em Goiás receberão incentivo fiscal

Indústrias de equipamentos para produção de energia elétrica por fontes renováveis e de esmagamento de soja também foram beneficiadas

Postado em: 24-01-2023 às 09h19
Por: Rodrigo Melo
Indústrias de equipamentos para produção de energia elétrica por fontes renováveis e de esmagamento de soja também foram beneficiadas | Foto: Reprodução/iStock

Comércio varejista de vendas pela internet (e-commerce) instalado em Goiás receberá incentivo fiscal, após decreto publicado na última quinta-feira (19/1) pelo governo do Estado. A concessão do benefício fiscal de ICMS também passa a valer para indústria de máquinas destinadas à aferição ou produção de energia elétrica por meio de fontes renováveis. Além disso, foi ampliado o incentivo fiscal para a industrialização da soja em território goiano.

Com relação à geração de energia de fontes renováveis, a secretária da Economia, Cristiane Schmidt explica que o objetivo é incentivar o crescimento do setor, preservar o meio ambiente e ainda apoiar as pessoas mais vulneráveis, não beneficiadas com o fornecimento de energia hidrelétrica.

De acordo com a pasta, a produção de grãos em Goiás é destaque no país, especialmente a soja, e o benefício agora é para evitar que toda a produção seja exportada. O incentivo fiscal é para o esmagamento dos grãos, com a adoção da industrialização, que gera riqueza e empregos no estado.

Continua após a publicidade

Leia também: Compras online aumentaram na pandemia e permanece como preferência entre consumidores

Veja Também