Governo de Goiás entrega casas populares em Cachoeira de Goiás

O governador José Eliton informou ainda que, a partir desta segunda-feira (23), Goiânia ganhará o terceiro turno na saúde, medida que agilizará os procedimentos cirúrgicos em todos os hospitais

Postado em: 23-04-2018 às 09h20
Por: Márcio Souza
O governador José Eliton informou ainda que, a partir desta segunda-feira (23), Goiânia ganhará o terceiro turno na saúde, medida que agilizará os procedimentos cirúrgicos em todos os hospitais

O governador José Eliton, o ministro das Cidades, Alexandre
Baldy, e o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Cleomar Dutra,
entregaram na manhã de domingo (22), trinta e uma unidades habitacionais
do Residencial Paraíso II, à população de Cachoeira de Goiás. Na mesma
solenidade, foram entregues Passaportes do Idoso para moradores da cidade.

As unidades habitacionais foram construídas por meio da
parceria entre Agehab e governo federal, com recursos da conta federal Oferta
Pública Sub-50/II e Cheque Mais Moradia estadual. A beneficiária Regina
Carvalho recebeu a chave da casa em nome dos demais contemplados.

Continua após a publicidade

As novas unidades beneficiam 74 famílias de Cachoeira de
Goiás com moradias de interesse social. Outras 43 habitações já haviam sido
entregues por meio de parceria entre a Agehab com a Prefeitura e Caixa
Econômica Federal. Os investimentos em moradia para famílias carentes em
Cachoeira de Goiás totalizam cerca de R$ 2,5 milhões.

Só neste ano, o governo do Estado já investiu mais de R$ 20
milhões em Cachoeira de Goiás. Em março, o Governo realizou a doação do
terminal rodoviário ao município, e liberou R$ 50 mil por meio do programa
Cheque Mais Moradia para reforma e manutenção do terminal.

Em fevereiro, foi inaugurada a construção do trecho de 19
quilômetros da GO-320, que liga Ivolândia a Cachoeira de Goiás, no valor de R$
18,7 milhões, por meio de convênio do Goiás na Frente.

O governador José Eliton informou que, a partir desta segunda-feira (23), Goiânia ganhará o terceiro turno na saúde, medida que agilizará os
procedimentos cirúrgicos em todos os hospitais. “Vamos colocar a saúde
para trabalhar durante a noite, de madrugada para zerar a fila das cirurgias.
Aos poucos vamos estender o benefício para todo o Estado”, acrescentou.

 

Veja Também