Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

Operação Dom Quixote desarticula organização criminosa de furto e comércio ilegal de celulares

Ação resulta no cumprimento de mandados de busca em domicílios e lojas no Distrito Federal e em Unaí, Minas Gerais.

Postado em: 29-11-2023 às 14h58
Por: Luana Avelar
Imagem Ilustrando a Notícia: Operação Dom Quixote desarticula organização criminosa de furto e comércio ilegal de celulares
Durante as buscas, foram apreendidos 45 aparelhos celulares nas cidades de Brasília, Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Sol Nascente e Unaí. | Foto: Freepik

Na manhã desta quarta-feira (29), a Polícia Civil do Distrito Federal deu inicio a Operação Dom Quixote, que resultou no cumprimento de oito mandados de busca em domicílios e lojas de uma organização criminosa especializada em furto, receptação e comércio ilegal de celulares. A ação teve como objetivo desarticular essa rede de crime que atuava tanto no Distrito Federal quanto na cidade de Unaí, em Minas Gerais.

As investigações tiveram início após o furto de um aparelho celular, do tipo iPhone, em uma loja localizada em Brazlândia, no mês de janeiro. A partir das investigações, os policiais conseguiram identificar um grupo composto por oito pessoas que vinha praticando esses crimes há pelo menos um ano. O foco principal eram os celulares da marca iPhone, que eram rapidamente repassados para receptadores.

Durante as buscas realizadas nas cidades de Brasília, Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Sol Nascente e Unaí, foram apreendidos um total de 45 aparelhos celulares. As diligências contaram com a colaboração da Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil do Distrito Federal e também com o apoio da Polícia Civil do Estado de Goiás nas buscas realizadas em Unaí.

Continua após a publicidade

O grupo criminoso movimentou aproximadamente R$ 22 milhões com o comércio ilegal dos aparelhos celulares furtados. Também foi constatado que três dos envolvidos já possuíam antecedentes criminais relacionados a furtos e receptação qualificada.

Veja Também