Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

289 árvores caíram em Goiânia nos últimos 25 dias

Somente de domingo (26) para segunda (27), houve 41 quedas de árvores

Postado em: 29-11-2023 às 17h30
Por: Larissa Oliveira
Imagem Ilustrando a Notícia: 289 árvores caíram em Goiânia nos últimos 25 dias
Prefeitura de Goiânia inicia a semana com atendimentos em 120 bairros e remoção de árvores caídas em outros 21 setores | Foto: Comurg

Houve 289 quedas de árvores na capital goiana nos últimos 25 dias. De acordo com a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), entre domingo (26) e segunda-feira (27), as rajadas de vento alcançaram a velocidade média de 55 quilômetros por hora (km/h). Além disso, a precipitação máxima foi de 121,6 milímetros (mm) na região Leste da cidade. Por conta da forte tempestade que caiu, 41 árvores caíram, conforme os servidores da Comurg registraram e divulgaram nesta semana.

Segundo levantamento da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA), as espécies mais frágeis e com mais registro de quedas em Goiânia são as Sibipirunas e Mungubas. Aliás, elas não são nem indicadas para plantio. Isso porque são árvores da época da fundação da capital goiana. Dessa forma, regiões que possuam uma arborização mais antiga precisam de maior atenção em relação à saúde fitossanitária das plantas. Para mais, a fiscalização é essencial para realizar susbtituições quando necessário.

Além disso, assim como as árvores mais antigas, as plantas que estão presas com concreto também são mais propícias de queda. Isso porque o cimento impede que ela seja tenha maior resistência durantes as fortes ventanias e pancadas de chuva. Portanto, a AMMA reforça o alerta de que é fundamental que o solo tenha a abertura mínima de 60 cm² para se tornar permeável. Dessa forma, as raízes da árvore conseguem se desenvolver de maneira correta, se firmando melhor no solo.

Continua após a publicidade

Reparação

A Prefeitura de Goiânia realiza vistorias técnicas que averiguam a situação fitossanitária das árvores para a retirada preventiva ou poda, caso haja o comprometimento da mesma, causando riscos de queda. De acordo com a AMMA, de janeiro a setembro deste ano, 1.113 mudas foram solicitadas por meio do WhatsApp do Disque-Árvore (62 9 9639-7495). Elas foram plantadas com orientação técnica pela Amma, sem custos ao morador.

“Estima-se ainda que 23 árvores são plantadas em Goiânia para cada árvore retirada, após condenação fitossanitária. Isso é o que revelam os dados de retirada de árvores, em comparação, com os dados de plantio da Capital. É importante frisar que o aumento no plantio de mudas acontece principalmente no período chuvoso”, informou a Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA).

Veja Também