Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

Idoso é morto acidentalmente durante disputa por território entre PCC e CV, em Aparecida de Goiânia

Sebastião Silva foi atingido na cabeça por um dos integrantes do PCC. O idoso chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu.

Postado em: 01-12-2023 às 14h49
Por: Daisy Rodrigues
Imagem Ilustrando a Notícia: Idoso é morto acidentalmente durante disputa por território entre PCC e CV, em Aparecida de Goiânia
Sebastião Silva foi atingido na cabeça por um dos integrantes do PCC. O idoso chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. | Foto: Divulgação/PM

Um idoso, de 65 anos, morreu na última quinta-feira (30) após ser atingido por um tiro na cabeça durante uma disputa por território entre o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV), em Aparecida de Goiânia. O idoso identificado como Sebastião Silva, estava sentado na porta de uma distribuidora enquanto jogava palavras cruzadas e bebia refrigerante quando foi acidentalmente atingido.

O idoso chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. Ele havia sido encaminhado para o Hospital Estadual de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (HUGO) onde passou por uma cirurgia na cabeça e morreu na manhã desta sexta-feira, 1º. O autor do disparo, um menor de 16 anos, foi preso horas depois pela Companhia de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar (PM), no Bairro Independência, em Aparecida de Goiânia.

“Atrás do idoso tinha dois indivíduos (do CV). Ao perceberem a chegada de dois rivais (do PCC), eles saem do local e ficam na frente do idoso. Um dos indivíduos que chegaram (menor apreendido) saca a arma e atira na direção deles, mas como o idoso estava sentado entre eles, o tiro acabou pegando na cabeça dele”, salientou o tenente William Boaventura Martins.

Continua após a publicidade

Alguns moradores e clientes da distribuidora acionaram a PM, momento em que a corporação tomou conhecimento do crime. Por conta de uma feira livre que acontecia próxima do local do acontecimento, agilizou o socorro prestado à Sebastião e também a prisão do autor do disparo.

Após ser detido, o adolescente afirmou à polícia que atingiu e matou o idoso acidentalmente e que os alvos seriam os rivais do CV. O comparsa do jovem segue sengue procurado pela polícia.

Veja Também