Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Procon Goiânia aponta variação de até 128,61% no preço de aves, carnes e suínos

Pesquisa realizada entre os dias 18 e 23 de janeiro avaliou 15 itens, como coxa e sobrecoxa, frango inteiro congelado, lombo suíno, fraldinha e costela bovina, em nove estabelecimentos comerciais da Capital

Postado em: 28-01-2024 às 17h15
Por: Luan Monteiro
Imagem Ilustrando a Notícia: Procon Goiânia aponta variação de até 128,61% no preço de aves, carnes e suínos
Pesquisa realizada entre os dias 18 e 23 de janeiro avaliou 15 itens, como coxa e sobrecoxa, frango inteiro congelado, lombo suíno, fraldinha e costela bovina, em nove estabelecimentos comerciais da Capital. | Foto: Divulgação

A Prefeitura de Goiânia, por meio do Programa de Defesa do Consumidor (Procon Goiânia), divulgou, nesta sexta-feira (26/1), pesquisa realizada de 18 a 23 de janeiro, que aponta variação de até 128,61% no preço de 15 produtos, em nove estabelecimentos comerciais da Capital.

As cinco maiores variações de aves, carnes bovinas e suínas estão entre 128,61% e 83,91%, com destaque para a coxa e sobrecoxa, que oscila entre R$6,99 a R$ 15,98. Já o frango congelado teve variação de 121,36%, podendo ser encontrado de R$ 8,99 a R$ 19,90. O quilo da coxinha de frango registrou variação de 110,48%, custando de R$ 10,88 a R$ 22,90, enquanto o lombo suíno o quilo teve variação de 88,55%, de R$ 15,90 a R$ 29,98. A fraldinha é encontrada com valores entre R$ 29,90 a R$54,99, o que representa 83,91% de variação.

De acordo com a pesquisa, o consumidor que realizar compra pelo menor preço desses cinco produtos terá despesa de R$ 72,66. Já se adquirir produtos com o maior valor, pagará R$ 143,75. Isso representa a possibilidade de economia de R$ 71,09 na aquisição dos itens.

Continua após a publicidade

As quatro menores variações estão entre 23,95% a 44,82%, com destaque para a costela bovina o quilo, que pode ser encontrada de R$ 12,90 a R$ 15,99. Já a alcatra registrou variação de 35,88%, com valores entre R$ 33,78 a R$ 45,90. Foi registrada variação de 40,76% nos valores de filé de peito de frango, entre R$ 16,99 a R$ 23,90, e o contra filé teve variação de 44,82%.

De acordo com a pesquisa, o consumidor que realizar compra pelo menor preço desses cinco produtos terá despesa de R$ 126,47. Já se adquirir produtos com o maior valor, pagará R$ 176,77. Isso representa a possibilidade de economia de R$ 50,30 na aquisição dos itens.

O levantamento busca informar e alertar o consumidor quanto às variações de preços de alguns produtos de carnes, aves ou suína. “O objetivo desta pesquisa é auxiliar o consumidor no momento da compra, possibilitando melhor planejamento e maior economia. A pesquisa revela variações percentuais entre os mesmos cortes de carne bovina, ave e suína descartando marcas, origem e valor agregado”, destaca o presidente do Procon Goiânia, Júnior Café.

Metodologia
O órgão enfatiza que nem todos os produtos pesquisados foram encontrados em todos os estabelecimentos visitados, e que a pesquisa reflete um momento específico. Por essa razão, os preços atuais podem ser diferentes quando o consumidor realizar suas compras. O Procon destaca, ainda, que lojas da mesma rede praticam preços diferenciados.

O Procon Goiânia também informa que a responsabilidade do comerciante abrange os seguintes casos: se o fabricante, produtos ou importador não puderem ser identificados; se não houver clareza na informação concernente à comercialização do produto; se o comerciante não providenciar conservação adequada do produto.

Veja Também