Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Preso com duas tornozeleiras no Maranhão: homem trabalhava como gerente de academia e estudava na UEMA

Segundo o delegado Cláudio Mendes, responsável pelo 2º DP, o suspeito está envolvido em vários processos criminais em Teresina, a capital do Piauí, e em Timon, por roubos cometidos em residências, principalmente em chácaras

Postado em: 28-02-2024 às 14h47
Por: Rauena Zerra
Imagem Ilustrando a Notícia: Preso com duas tornozeleiras no Maranhão: homem trabalhava como gerente de academia e estudava na UEMA
O  homem foi encaminhado para uma unidade prisional da região para iniciar o cumprimento de sua sentença condenatória I Foto: Divulgação/PCMA

Na manhã desta terça-feira(27), um homem, de 27 anos,  foi preso pela Polícia Civil do Maranhão, suspeito do crime de roubo com ameaça de arma de fogo. O preso foi condenado a 15 anos de reclusão. Porém, um fato chamou à atenção dos policiais, pois no momento da prisão, o indivíduo utilizava duas tornozeleiras eletrônicas, sendo uma do Piauí e outra do Maranhão, algo que segundo o delegado, é “raro de ocorrer”.

Na terça-feira, com a ordem de prisão em mãos, a equipe da Divisão de Capturas e Inteligência conseguiu localizar e prender o condenado no bairro Leonel Brizola, em Timon. O preso atualmente trabalhava como gerente de uma academia de musculação, em Timon e, é estudante de Ciências Contábeis na UEMA.

Segundo o delegado Cláudio Mendes, responsável pelo 2º DP, o suspeito está envolvido em vários processos criminais em Teresina, a capital do Piauí, e em Timon, por roubos cometidos em residências, principalmente em chácaras. O delegado também informou que o suspeito, junto com outros dois cúmplices, usava armas de fogo e violência para roubar os pertences das vítimas.

Continua após a publicidade

O  homem foi encaminhado para uma unidade prisional da região para iniciar o cumprimento de sua sentença condenatória.

Veja Também