Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Prefeitura de Goiânia entrega autorizações de funcionamento na Feira dos Artesãos

A Prefeitura de Goiânia entregou autorizações de funcionamento para 53 bancas da Feira dos Artesãos

Postado em: 28-03-2024 às 12h07
Por: Tathyane Melo
Imagem Ilustrando a Notícia: Prefeitura de Goiânia entrega autorizações de funcionamento na Feira dos Artesãos
A Prefeitura de Goiânia entregou autorizações de funcionamento para 53 bancas da Feira dos Artesãos | Foto: Jackson Rodrigues/ Prefeitura de Goiânia

A Praça do Avião, no Setor Aeroporto de Goiânia, foi palco de um evento significativo na noite da última quarta-feira (27), quando a Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec) da Prefeitura de Goiânia entregou autorizações de funcionamento para 53 bancas da Feira dos Artesãos. Em operação há seis anos, a feira, que acontece todas às quartas-feiras das 18h às 22h, é uma importante vitrine para o artesanato local, além de oferecer uma variedade de produtos que incluem desde alimentos até itens de vestuário, maquiagem e brinquedos. 

Esta é a primeira feira totalmente regularizada pela Sedec, servindo como modelo para as mais de 150 feiras administradas pela secretaria, incluindo aquelas que comercializam frutas, verduras e hortaliças durante o dia, bem como feiras especiais que oferecem uma gama diversificada de produtos como roupas e calçados.

Durante a cerimônia, o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, expressou sua gratidão aos feirantes pelo seu papel na cidade, ressaltando a importância de suas contribuições para a economia local. Ele destacou o prazer de montar bancas, apresentar peças e gerar renda, reafirmando o compromisso da gestão.

Continua após a publicidade

“Reafirmo nosso compromisso em colaborar para o crescimento econômico da cidade, tomando iniciativas como a de regularização de feirantes e a entrega de permissões para novos trabalhadores”, afirmou o prefeito.

O titular da Sedec, Geverson Abel, enfatizou a relevância da regularização das feiras em Goiânia ao entregar as autorizações de funcionamento para as 53 bancas da Feira dos Artesãos. Ele destacou o papel exemplar desta feira, que se tornou um modelo ao estar totalmente regularizada. Abel salientou que todas as feiras de Goiânia serão regulamentadas, seguindo a determinação do prefeito Rogério, e que essa medida se tornará parte da história da gestão municipal.

Regularização

A regularização das feiras em Goiânia começou com o recadastramento das atividades informais em feiras livres, especiais, mercados e pit dogs da capital, após a publicação do novo Código de Posturas no final de 2023. 

Recadastramento

A iniciativa visa garantir que todos os permissionários que atuam nesses locais estejam com sua situação regularizada. Para isso, a Sedec está convocando os feirantes para atualizarem seus cadastros, mediante a apresentação dos documentos necessários, incluindo comprovante de endereço e certidões negativas de quitação eleitoral, nas lojas de atendimento presencial da Prefeitura, o Atende Fácil.

O objetivo final é eliminar todos os cadastros e atividades irregulares de permissionários e feirantes, melhorando a organização das feiras livres, especiais, mercados e pit dogs. Essa medida visa também ampliar as oportunidades para que mais pessoas possam trabalhar de forma ordenada, gerando emprego e renda na cidade de Goiânia.

Momento histórico

No início da tarde, o prefeito Rogério, acompanhado do titular da Sedec, Geverson Abel, já havia feito a entrega de oito permissões no Centro Cultural Mercado Popular da Rua 74 Marília Mendonça, no Centro da cidade, evento que marcou um momento histórico para Goiânia, pois o local tornou-se o primeiro totalmente regularizado da capital goiana.

Durante o ato de entrega dos documentos, o prefeito destacou a importância dessa iniciativa, ressaltando o compromisso da administração municipal em proporcionar um ambiente seguro e legal para os trabalhadores locais. “É um passo muito importante para garantir a segurança jurídica dos permissionários. Queremos que eles se sintam verdadeiros proprietários deste espaço e tenham a tranquilidade de saber que estão operando dentro da legalidade”, finalizou Rogério.

Veja Também