Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Caiado defende que agronegócio deve investir em energias renováveis

Governador de Goiás é um dos convidados da Feira do Agronegócio Mineiro (Femec) em Uberlândia (MG); evento discute biocombustíveis e matrizes energéticas

Postado em: 01-04-2024 às 21h47
Por: Vitória Bronzati
Imagem Ilustrando a Notícia: Caiado defende que agronegócio deve investir em energias renováveis
Caiado é convidado para feira agrícola em Uberlândia (MG): reconhecimento pela atuação em apoio à atividade rural | Foto: Lucas Diener

A busca por soluções energéticas sustentáveis para promover o crescimento da economia foi enfatizada pelo governador Ronaldo Caiado durante abertura da Feira do Agronegócio Mineiro (Femec), nesta segunda-feira (01), em Uberlândia. “O uso de biocombustível e de bioenergia é uma das maiores questões no Brasil hoje. Indiscutivelmente, é preciso trabalhar no sentido de descarbonização do meio ambiente”, afirmou, após elogiar a escolha do tema. 

Com décadas de atuação em apoio à atividade rural, Caiado foi a maior autoridade presente no primeiro dia do evento. Em discurso, ele destacou a produção de etanol no estado de Goiás e sua utilização. “O etanol já mostrou que é alternativa não só para ofertar energia, como também para ser menos poluente”, acrescentou o governador.  “Com investimento em pesquisa e tecnologia, teremos produtividade cada vez maior”, projetou.

A programação da feira ocorre no Parque de Exposições Camaru e segue até o próximo sábado (05/04), com participação de empresários e entidades de classe. O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, agradeceu a presença do chefe do Executivo goiano. “É uma oportunidade para estreitar os laços do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba com Goiás, pois são duas regiões muito parecidas na produção rural e muito pujantes no nosso país”, reconheceu. 

Continua após a publicidade

Para o presidente do Sindicato Rural do município, Thiago Silveira, os produtores devem se atentar às possibilidades de negócios no cenário atual. “O desenvolvimento sustentável é uma agenda que será imperativa para as exportações”, afirmou. “O papel da indústria do agro é muito importante. Temos que lembrar à população que não vive na fazenda que o agro é um grande conservador de áreas e de qualidade da água”, completou o vice-governador de Minas Gerais, Professor Mateus. 

Veja Também