Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

‘Minha Vaga’: aplicativo do Governo de Goiás amplia acesso ao emprego

Ferramenta inova intermediação de mão de obra e leva serviço para todos os municípios goianos, com navegação simplificada e processo totalmente online

Postado em: 24-11-2023 às 11h00
Por: Redação
Imagem Ilustrando a Notícia: ‘Minha Vaga’: aplicativo do Governo de Goiás amplia acesso ao emprego
Aplicativo apresentado ao setor produtivo reduz tempo e encurta caminhos para as pessoas que buscam trabalho | Foto: Rodrigo Cabral

Com a missão de desburocratizar e acelerar a contratação de mão de obra para os milhares de postos de trabalho abertos em todo o estado, o Governo de Goiás lança o aplicativo “Minha Vaga!”. Já com mais de 4 mil vagas de emprego disponíveis, a nova ferramenta foi apresentada ao setor produtivo goiano na última quinta-feira (23/11), na sede da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO). 

O aplicativo Minha Vaga! é leve, para rodar em qualquer tipo de celular, e de navegação simples. Já os empresários devem acessar o site redeindica.go.gov.br para cadastrar as vagas de emprego. A ferramenta foi desenvolvida pelo Colégio Tecnológico do Estado de Goiás (Cotec), sob a coordenação do Goiás Social, por meio da Secretaria da Retomada.

“A partir de hoje, os 246 municípios goianos passam a contar com uma ferramenta de intermediação de mão de obra, porque a gente sabe que o Sine está presente em menos de 60 cidades. E estaremos em constantes atualizações para que o aplicativo atenda com eficiência tanto os trabalhadores que procuram uma vaga como as empresas que precisam contratar”, anunciou César Moura, secretário de Estado da Retomada. 

Continua após a publicidade

Durante a solenidade de lançamento do Minha Vaga!, o presidente da Fecomércio-GO, Marcelo Baiocchi, afirmou que o comércio em geral deve disponibilizar, em breve, cerca de 8 mil vagas temporárias no aplicativo. Baiocchi destacou exemplos como uma indústria que tem mais de 500 vagas abertas, em Itaberaí e Nova Veneza, e a área de bares e restaurantes, também com mais de 500 postos de trabalho desocupados; ambos com dificuldade de contratação.

“Quando o governo pensa em um produto desse, está diminuindo o tempo e encurtando os caminhos para que as pessoas encontrem aquilo que elas mais querem. Porque os benefícios sociais entregues pelo poder público são necessários em momentos difíceis, mas você pode ter certeza que a maior dignidade que um pai de família pode ter é o emprego, o suor dele remunerado”, ressaltou Marcelo Baiocchi. 

Notificações por geolocalização

A nova plataforma promete ainda maior eficiência na intermediação de mão de obra, notificando o candidato de oportunidades próximas a eles. “Se eu procuro trabalho e estou passando perto de uma empresa que tem vaga aberta, o aplicativo me mostra. Você entra, vê a vaga e, se precisa de qualificação, é só procurar o Cotec que temos cursos gratuitos”, explica César Moura. 

O app também mostra a localização da empresa com vagas disponíveis, funcionalidade que deve reduzir a evasão a entrevistas de emprego e também a desistência durante o período de experiência após a contratação. A ferramenta está disponível para IOS e Android, totalmente gratuito. 

Geração de empregos

A Secretaria da Retomada vem reforçando a empregabilidade em Goiás com intermediação e capacitação de mão de obra. De agosto de 2020 até 2022, 180.081 vagas de emprego foram oferecidas por meio do Programa Mais Empregos. Nesse mesmo período, foram realizados 362.297 encaminhamentos para preencher as vagas.

A qualificação profissional gratuita foi reforçada tanto para incentivo ao microempreendedorismo como para atender as necessidades do mercado formal de trabalho. De outubro de 2021 a outubro de 2023, 67.322 certificados de capacitação profissional foram emitidos pelos Cotecs para trabalhadores goianos.

Veja Também