Icumam Lab divulga lista de projetos selecionados

Quatro projetos audiovisuais de Goiás, três do Distrito Federal e dois de Mato Grosso foram selecionados para o 3º Icumam Lab, realizado

Postado em: 26-02-2016 às 00h00
Por: Redação

Quatro projetos audiovisuais de Goiás, três do Distrito Federal e dois de Mato Grosso foram selecionados para o 3º Icumam Lab, realizado pelo Instituto de Cultura e Meio Ambiente (Icumam), com apoio do Fundo Estadual de Arte e Cultura. Conforme previsto em edital, as atividades de consultoria gratuita serão realizadas de 10 a 17 de abril. A lista dos trabalhos contemplados foi divulgada ontem, no site www.icumam.com.br/lab_2016 .

O terceiro edital do Icumam Lab recebeu, entre 11 de janeiro e 17 de fevereiro de 2016, um total de 27 projetos audiovisuais de autoria de realizadores da região Centro-Oeste. O Estado de Goiás apresentou 12 projetos, além de sete provenientes do Distrito Federal e oito de Mato Grosso.

Entre os projetos inscritos, estão cinco séries televisivas e 22 longas-metragens. A ficção é o gênero predominante, seguida de 11 projetos de documentário e dois de animação. A comissão de seleção foi formada por Fernanda de Capua (produtora e consultora audiovisual), Flávia Cândida (produtora cultural, curadora audiovisual e cineasta) e Rafael Sampaio (produtor, programador e curador de cinema e audiovisual).

Continua após a publicidade

Consultoria

Dramaturgia, roteiro, produção, linguagem, circulação entre outros aspectos relevantes na cadeia produtiva audiovisual, a serem considerados durante o desenvolvimento de um projeto serão pauta de trabalhos realizados em pequenos grupos e em consultorias individuais, no mês de abril. Além dos nove projetos selecionados por edital, o Icumam Lab também prevê a realização de três palestras abertas ao público em geral. A programação será divulgada pelo Instituto no dia 8 de março, quando as inscrições para estas atividades estarão abertas. 

Os projetos selecionados foram os longas-metragens Capitão Astúcia (DF), de Filipe Gontijo, Cu de Boi (GO), de Be­lém de Oliveira, a animação Escola Filhote Selvagem (DF), de Renan Montenegro, o documentário (Fronteiriço) F60pon­to31 (DF), de Antônio Balbino, e o longa Oeste Outra Vez (GO), de Erico Rassi. Completam a lista os longas Quem Tem Medo de Luciene Carvalho? (MT), de Juliana Curvo, Solina (GO), de Larissa Fernandes, Somos Tereza (MT), de Danielle Bertolini e Vento Seco, de Daniel Nolasco. Como suplentes ficaram os longas Ferida Viva (DF), de Renan Montenegro e Gênesis (GO), de Kaco Olimpio.

 

Veja Também