Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

Goiás oferece ‘Passaporte do Turismo Goiano’ para estimular viagens pelo estado

Fórum Legislativo de Turismo entrega Passaporte do Turismo goiano, nesta quarta-feira (22), no plenário da Alego

Postado em: 22-11-2023 às 10h25
Por: Letícia Renata
Imagem Ilustrando a Notícia: Goiás oferece ‘Passaporte do Turismo Goiano’ para estimular viagens pelo estado
O tema escolhido para o Fórum Legislativo de Turismo deste ano é ‘A Força das Parcerias nas Entregas do Turismo Goiano’ | Foto: Reprodução

Goiás está inovando no turismo ao oferecer o ‘Passaporte do Turismo Goiano’, uma iniciativa da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (ALEGO). O documento será entregue durante o 4º Fórum Legislativo de Turismo, sob a presidência do deputado Coronel Adailton, marcado para esta quarta-feira (22), das 8h às 13h, no plenário da Assembleia Legislativa de Goiás (ALEGO).

O evento conta com a participação de instituições públicas, privadas, empresários do trade turístico e profissionais relacionados a cadeia de serviços como hotelaria, agências de viagens e guias de turismo. 

O tema escolhido para o Fórum Legislativo de Turismo deste ano é ‘A Força das Parcerias nas Entregas do Turismo Goiano’ tem a proposta de apresentar um balanço das atividades realizadas em 2023, em parceria entre Comissão de Turismo, Goiás Turismo, Sebrae, CETUR e as Regiões Turísticas que integram o Mapa do Turismo Goiano. 

Continua após a publicidade

A Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, lança o Passaporte do Turismo de Goiás, com o intuito de reconhecer, valorizar e divulgar as belezas naturais e os atrativos divididos em onze regiões do Mapa do Turismo de Goiás. Oportunizar os registros das visitas mostra o interessante e diversidade dessa importante pauta. 

O Passaporte

Os pontos turísticos de Goiás certamente terão uma divulgação nacional e internacional com a criação do passaporte do turismo goiano. O espírito desbravador, a sensação de liberdade e o respeito à natureza são características marcantes dos turistas, que certamente irão curtir, valorizar e divulgar as belezas naturais e os atrativos turísticos de nosso Estado. A dica é, acelere com cuidado pelas estradas de Goiás e registre tudo no seu passaporte.

O Passaporte do Turismo Goiano é uma obra de arte, ilustrada com fotos dos atrativos turísticos das onze regiões que abrangem os 95 municípios do Mapa do Turismo goiano. No formato padrão de um passaporte, o documento oferece espaços dedicados às anotações de visitas, incluindo data e assinatura do visitante.

Além de ser uma lembrança personalizada de cada visita, as informações registradas nas visitações serão compiladas para gerar dados estatísticos. Esses dados serão essenciais para orientar futuras ações de promoção do turismo em Goiás.

Para os amantes de viagem, que estão em busca de uma forma única de documentar suas aventuras pelo Estado, o passaporte promete ser um companheiro inseparável em suas futuras aventuras por Goiás. 

De acordo com o deputado Coronel Adailton, a iniciativa tem como objetivo incentivar os viajantes a explorar, valorizar e promover os atrativos turísticos de Goiás. Ele destaca que “registrar suas viagens ajuda no planejamento, proporcionando um conhecimento mais aprofundado da diversidade de atrativos que nosso estado oferece”, explica. 

O portador do passaporte será orientado a procurar a Comissão de Turismo sempre que precisar de uma nova edição. As informações sobre as visitações serão utilizadas para gerar dados estatísticos, orientando novas ações de promoção do turismo em Goiás. Esta iniciativa promete impulsionar o turismo local, incentivando a descoberta de novos destinos e experiências em terras goianas. Para quem tiver interesse em adquirir o passaporte turístico, ele pode ser solicitado de forma gratuita, na Comissão de Turismo da ALEGO. 

Paraísos em Goiás

O Parque Estadual de Terra Ronca, abriga a terceira mais extensa caverna do país, a Gruta de São Mateus, com mais de 23km de desenvolvimento e é um dos maiores complexos de cavernas e grutas da América do Sul. São milhares de quilômetros de mata virgem, com cachoeiras, rios, dolinas (um tipo de depressão no solo), trilhas e mais de 250 cavernas, sendo 5 delas abertas à visitação. Localizado nos municípios de São Domingos e Guarani de Goiás, o nome vem justamente do ‘ronco’ que as águas fazem no interior das cavernas. Em algumas delas, todo o trajeto é feito pelo leito dos rios. 

Criado em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros está localizado no nordeste do Estado de Goiás, entre os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d’Aliança. Uma área de de cerrado de altitude, que abriga espécies e formações vegetais únicas, centenas de nascentes e cursos d’água, rochas com mais de um bilhão de anos, além de paisagens de rara beleza, com feições que se alteram ao longo do ano. 

Possui o ‘Lago Azul’, em Três Ranchos, a represa de Emborcação, no rio Paranaíba, determinou o surgimento de um lago com rara beleza visual, em virtude principalmente sua colocação azulada – daí o nome de Lago Azul. Nas ilhas do Lago e às suas margens forma-se uma estrutura de turismo avançada do nível que se aprecia em locais sofisticados e cosmopolitas do mundo. O acesso se dá pelas rodovias BR-352, GO-330 e GO-208. O Lago possui uma área de 440 Km² e profundidade máxima de 180 metros. 

O Salto Paraguassu, é uma cachoeira localizada no município de Baliza, em Goiás, a 38 km do centro da cidade e aproximadamente 458 km da capital goiana. Com duas quedas de quase 100 metros de altura, rodeada por um paredão que impressiona qualquer um, o Salto Paraguassu é parada obrigatória para quem vai conhecer a região.A Pedra Chapéu do Sol, localizada ao norte de Cristalina, apenas 6 km de estrada de chão, divide o atrativo da BR-040. Equilibrado em um minúsculo ponto de apoio, o enorme bloco de quartzito tem por volta de 1,2 bilhões de anos e pesa mais de 347 toneladas. Sua composição mostra que foi formada por areia de praias de um mar raso.

Veja Também