Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

Tradições e sabores de inverno na Tchéquia

O país é famoso por ter tradições imperdíveis, presentes de natal autênticos, assim como enfeites de vidro feitos à mão

Postado em: 04-12-2023 às 11h00
Por: Letícia Renata
Imagem Ilustrando a Notícia: Tradições e sabores de inverno na Tchéquia
O país é famoso por ter tradições imperdíveis, presentes de natal autênticos, assim como enfeites de vidro feitos à mão | Foto: Reprodução

A República Tcheca mergulha na magia do natal, oferecendo aos habitantes locais e aos visitantes a oportunidade de vivenciar momentos extraordinários durante o Advento e as festividades de Natal. Desde o final de novembro, o país se ilumina com luzes festivas, inundando desde as maiores cidades até as aldeias mais pitorescas. Durante este período, as ruas e templos ressoam com canções natalinas e canções tradicionais, criando uma atmosfera única.

As decorações de natal e as iguarias requintadas ocupam o centro das casas tchecas, dividindo espaço nas mesas com o calor das tradições e dos encontros com entes queridos. O país é famoso por ter tradições imperdíveis, presentes de natal autênticos, assim como enfeites de vidro feitos à mão. 

Conhecidas e apreciadas em todo o mundo, as decorações de natal em vidro tcheco destacam-se pelo seu artesanato único. Presentes autênticos, encontrados no comércio local ou se aventurar no norte da Boêmia, no Vale do Cristal, onde poderá conhecer sua história e aprender como fazê-los.

Continua após a publicidade

Durante o natal, presépios feitos à mão decoram praças, lojas e catedrais. No castelo real de Karlstejn, está exposto um dos maiores presépios mecânicos do mundo, incluindo peças feitas de cera e migalhas de pão. Museus de todo o país oferecem a oportunidade de explorar a rica história da criação de presépios. Celebrado no passado em museus ao ar livre, como o Roznov pod Radhostem, na Morávia. A história das famílias aristocráticas se passava em programas especiais em palácios e castelos.

Delícias na mesa de inverno

O país celebra a chegada de dezembro com aromas irresistíveis de baunilha e canela que enchem as casas. A véspera de natal vira festa culinária, onde as mesas são decoradas com uma variedade de doces de Natal que evocam antigas tradições pagãs.  

Diz-se que a tradição de cortar, assar, rechear e espalhar pequenos ‘bolos’ antes do natal tem raízes nos tempos pagãos, quando estes doces assumiram a forma de animais. Guloseimas ‘mágicas’ eram penduradas em árvores e estábulos durante o solstício de inverno, buscando a proteção das divindades para a colheita e os animais.

O país ainda se destaca como uma ‘superpotência’ global de padeiros domésticos, com pastelaria confeccionada na grande maioria das casas, uma prática sem paralelo na Europa. As donas de casa tchecas costumam preparar de 5 a 20 tipos de doces, mostrando sua habilidade e amor pela tradição.

Receitas tradicionais tchecas: Pãezinhos de baunilha e trança doce de Natal

Os pãezinhos de baunilha, uma aposta segura, são presença obrigatória em todas as mesas tchecas. Inspiradas na mãe de T. G. Masaryk, o primeiro presidente da Tchecoslováquia, estas iguarias oferecem uma ligação com o rico patrimônio do país.

Se preferir uma guloseima maior, experimente a Trança Doce de Natal, que é confeccionada desde o século XIV. Seu formato, que lembra o menino Jesus da canção de ninar, simboliza vida nova e fertilidade, além de proporcionar proteção simbólica contra as forças do mal.

Pratos emblemáticos da véspera de Natal tcheca: carpa e salada de batata

A carpa frita com salada de batata é uma combinação inseparável desde a Idade Média. A escolha da carpa simboliza o jantar quaresmal, evitando carne de animais sacrificados. A salada de batata, com seu sabor característico e praticidade, tem sido parte integrante desta tradição festiva.

A mesa de Natal completa-se com uma sopa de peixe, preparada de forma diferente por cada família. Das versões claras às cremosas, com pedaços de peixe ou com ovas e leite, a sopa de peixe representa a sabedoria de não desperdiçar nenhum componente da carpa.

O país ainda possui uma cultura com tradição para a prosperidade, em guardar algumas escamas de carpa e colocá-las debaixo dos pratos na ceia. Segundo a tradição, isso garantirá abundância financeira ao longo do ano.

Veja Também