Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

Celebração goiana é mistura de luzes, encanto natalino e receitas saborosas

Receitas especiais e Natal do Bem marcam as festividades em Goiás neste mês de dezembro

Postado em: 05-12-2023 às 10h00
Por: Tathyane Melo
Imagem Ilustrando a Notícia: Celebração goiana é mistura de luzes, encanto natalino e receitas saborosas
Goianos celebram o natal com animação e magia em receitas especiais e eventos luminosos | Foto: Aline Cabral

Com a magia natalina iluminando os lares e corações, os goianos se preparam para celebrar o Natal em um clima festivo de união e confraternização. Em meio a esse espírito festivo, as receitas especiais e diversificadas tomam o centro da mesa, marcando o encontro familiar. O bacalhau, apreciado por muitos, é um prato que já se tornou tradição nas festas de final de ano. Aproximando-se das celebrações natalinas, surge a oportunidade de planejar e incluir esse peixe versátil nos encontros com familiares e amigos.

A nutricionista Renata Guirau, do Oba Hortifruti, destaca a versatilidade e valor nutricional do bacalhau e ensina receitas práticas com o versátil e nutritivo pescado. “O bacalhau é fonte importante de proteínas, minerais e gorduras boas, como o ômega-3, que são nutrientes essenciais para nossa saúde, e pode ser preparado de diversas formas e agradar a todos os paladares”, explica.

Entre as sugestões de preparo, destacam-se receitas como bacalhau assado com legumes, gratinado com batatas e azeite, e em pratos como escondidinho de batata ou mandioquinha, além de saladas com folhas e grãos. A versatilidade do peixe também se estende aos lanches e é uma ótima opção para os dias mais quentes. 

Continua após a publicidade

“Nos lanches, é possível o peixe integrar o cardápio como ingrediente de tortas e bolinhos, que podem ser preparados assados, e agregar uma boa fonte proteica ao cardápio”, ensina Renata.

O Natal é um momento de união familiar e celebração, com uma mesa farta e compartilhada entre todos, e pensando nisso, Renata faz orientações sobre o processo de dessalgue do bacalhau. “O bacalhau deve ficar imerso em um recipiente com água potável, tampado, e mantido na geladeira para evitar o crescimento de bactérias. A troca da água deve ser feita a cada 4 a 6 horas, sempre sob refrigeração. Pedaços grandes exigem mais tempo para que a dessalga seja suficiente”.

Renata ressalta ainda que na hora da compra é importante prestar atenção à validade e observar as características do produto. “O bacalhau geralmente tem a pele e a carne de cor clara e uniforme, com cheiro característico. Para ter garantia de produto fresco, é sempre importante comprar o peixe em locais de sua confiança, que comprovem a origem do pescado, que atesta a sua qualidade”.  

A nutricionista ensina e compartilha três receitas práticas e deliciosas, como bacalhau na brasa, com brócolis e batata, e uma refrescante salada de espinafre com bacalhau.

Bacalhau na brasa 

2 postas de Obacalhau dessalgadas 

½ colher de chá de sal 

1 colher de chá de folhas de alecrim 

2 colheres de sopa de azeite 

Pimenta preta a gosto 

Modo de preparo:

Tempere o bacalhau com azeite, sal, pimenta e alecrim. Leve para assar em braseiro médio, com a pele virada para baixo, por cerca de 30 minutos. 

Bacalhau com brócolis e batata 

500g de Obacalhau em lascas 

Buquês de 1 maço de brócolis 

4 batatas descascadas e cortadas em rodelas grossas

Pimentão colorido cortado em tiras para decorar

½ xícara de chá de azeitonas pretas sem caroço para decorar

Salsinha picada a gosto para decorar 

Modo de preparo:

Cozinhe separadamente o bacalhau, o brócolis e as batatas em água com sal por cerca de 10 minutos cada. Retire os alimentos da panela de cozimento e doure o bacalhau em uma frigideira com azeite. Faça o mesmo com as rodelas de batata. Separe uma travessa de vidro e acomode primeiro metade das batatas. Em seguida, acomode o bacalhau e o restante das batatas, cobrindo o peixe. Adicione os buquês de brócolis e finalize decorando com os pimentões, as azeitonas e a salsinha. Leve a travessa ao forno pré-aquecido a 180 graus por cerca de 30 minutos e sirva em seguida. 

Salada de espinafre com bacalhau 

2 postas de Obacalhau dessalgado

100ml de leite integral

1 xícara de chá de grão-de-bico 

Folhas de ½ maço de espinafre

Buquês de ½ brócolis 

Azeite a gosto

Sal a gosto

Azeitonas pretas sem caroço a gosto

Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:

Cozinhe o bacalhau no leite até que fique bem macio. Separe as lascas de bacalhau e leve à geladeira. Deixe o grão-de-bico de molho na água por 12 horas antes do cozimento. Depois, cozinhe com água e sal por cerca de 15 minutos. Cozinhe os buquês de brócolis por cerca de 10 minutos com água e sal. Coloque as lascas de bacalhau, os buquês de brócolis, as azeitonas e o grão-de-bico em uma travessa. Adicione as folhas de espinafre e tempere tudo com azeite, sal e pimenta a gosto. Sirva gelado.

Celebração natalina anima Goiás

O Natal em Goiás não é apenas uma celebração à mesa, mas também uma oportunidade de vivenciar a magia e o espírito festivo que iluminam o estado nesta época do ano, e enquanto as famílias goianas se reúnem para saborear esses pratos especiais, a capital do estado se ilumina com decorações natalinas espetaculares. O Natal do Bem, promovido pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e o Goiás Social, já atraiu mais de 175 mil visitantes nos primeiros 10 dias de festa em Goiânia. Espera-se que o evento, consolidado como o segundo maior do país em decoração natalina, receba mais de um milhão de pessoas até 6 de janeiro. Montada no Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), a estrutura conta com mais de dois milhões de pontos de luz, proporcionando encanto e magia às famílias goianas sem custo algum. 

A primeira-dama Gracinha Caiado, presidente de honra da OVG e coordenadora do Goiás Social, expressou sua alegria ao ver tantas famílias desfrutando da festividade: “É uma alegria saber que nos primeiros 10 dias do Natal do Bem nós já recebemos mais de 175 mil pessoas. Eu fico encantada de ver o brilho nos olhos dessas crianças que passam por aqui, são elas que fazem tudo valer a pena. São famílias de Goiânia e também de várias outras cidades que, muitas vezes, de outra forma, não teriam acesso a uma festa de Natal tão completa quanto essa”.

Veja Também