Festival do Boneco

Festival do Boneco chega à sua sétima edição com dez dias de intensa programação de espetáculos locais, nacionais e internacionais

Postado em: 14-05-2024 às 10h00
Por: Letícia Renata
Imagem Ilustrando a Notícia: Festival do Boneco
Com apresentações em Goiânia, Anápolis e Pirenópolis, este ano o evento traz uma das criadoras do Teatro de Lambe-Lambe, a mestra bonequeira Denise Di Santos | Foto: Paulo Balardim

O Estado de Goiás sediará, pela sétima vez, entre os dias 16 e 26 de junho, o Festival do Boneco, que se tornou tradição tanto para artistas bonequeiros do país e do mundo, quanto para o público que aguarda pela oportunidade de conhecer obras e personagens que encantam e emocionam adultos e crianças com a magia de cenas que recriam e remontam fantasias, sonhos e realidade.

A mostra acontece desde 2009, e neste ano reúne os principais fazedores de uma arte milenar: o teatro de formas animadas. Este ano o evento foi estendido para outras cidades além de Goiânia, e será apresentado também em Anápolis e Pirenópolis.

A programação incluiu 23 obras, apresentação musical, palestra com o criador dos mestres do teatro Lambe-Lambe e a oficina com a marionetista Izabela Nascente. A expectativa é de que a sétima edição atinja milhares de pessoas, com atividades gratuitas em teatros, praças, escolas e espaços culturais de Goiânia, Anápolis e Pirenópolis. 

Continua após a publicidade

Festival do Boneco nas Escolas

No Festival a arte encontra a educação em espetáculos especiais dedicados às escolas de Goiânia. O primeiro deles acontece na sexta-feira, 17 de junho, às 11h. O espetáculo ‘Bendito os Beneditos’, do grupo Inventor de Sonhos, Olhos D’Agua/GO, entretém as crianças do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação – CEPAE/UFG, com bonecos saindo de malas para encantar por personagens fascinantes como Dona Quitéria e João Redondo, mamulengos com os quais o Inventor de Sonhos trabalha há mais de 20 anos.

Na segunda-feira (20), é a vez do Coletivo Justina e do Teatro Ludos, apresentarem o Dr. Raimundo para os alunos da Escola Municipal Laurindo Sobreira do Amaral. O espetáculo apresenta um menino diferente das outras crianças por meio de um livro, que cria de forma participativa sua própria terra maravilhosa chamada Tatipirum. Com elementos brasileiros e referências aos mitos brasileiros, o drama inspirador promete cativar o público com uma história de comprometimento e empatia.

A terceira imersão do Festival na escola acontece por meio das caixas de teatro de Lambe-Lambe, com o Coletivo Lambes Goiano e a sua Feira do Espiar. Nela, os alunos assistem um a um pequenas apresentações dentro das casas de espetáculo, participam artistas de Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia, que se dividem em diferentes formações para suas apresentações. A intervenção acontecerá na terça-feira (21), na Escola Municipal Dona Belinhas.

Mostra Teatro Lambe-Lambe pela primeira vez dentro da programação do Festival do Boneco

O TEATRO LAMBE-LAMBE é um teatro em miniatura e independente com uma semente de histórias que floresce na imaginação de cada espectador em apenas 3 minutos. Para ver a performance em miniatura, o espectador deve olhar através de uma pequena abertura e acompanhar a história com personagens, dramaturgia, luz, som e todos os elementos que compõem um espaço expositivo de tamanho normal.

Este estilo de teatro brasileiro foi criado pelas artistas nordestinas Denise di Santos e Ismine Lima, em Salvador/BA, em 1989, e leva o nome dos quase extintos fotógrafos de cordeiros (também conhecidos como fotógrafos de praça), já que o formato da caixa cênica itinerante é semelhante às câmeras antigas desses fotógrafos. Graças à sua fácil mobilidade e adaptabilidade, é uma forma democrática de fazer teatro que permite chegar aos mais diversos públicos, especialmente aqueles que o teatro tradicional não consegue atingir.

Como parte da programação do Festival do Boneco, será organizada pela primeira vez uma apresentação dedicada a essa linguagem teatral, com a participação de 14 espetáculos de teatro lambe-lambe, representantes de cinco estados brasileiros e um do Chile, com destaque, para uma das criadoras desta técnica, a baiana Denise Di Santos, que apresenta a primeira performance teatral lambe-lambe, ‘A Dança do Parto’.

Programação

Quinta-Feira (16/5)

19h: Teatro Sesc Centro – Estreia de ‘Barbas’ – Cia de Teatro Nu Escuro (Gyn/GO)

Sexta-Feira (17/5) 

11h: CEPAE/UFG – ‘Bendito os Beneditos’ – Inventor de Sonhos (Olhos D’Agua/GO)

19h: Teatro Sesc Centro – ‘Vida Secreta das Fraldas’ – Terra Imaginária (São Paulo/SP)

Sábado (18/5)

15h: Teatro Sesc Centro – ‘Expedição Pacífico’ – Cia Truks (São Paulo/SP)

19h: Oficina Cultural Geppetto – ‘Seu Geraldo Voz e Violão’ – Pigmalião Escultura que Mexe (Belo Horizonte/MG)

Domingo (19/5)

15h: Parque Mutirama – ‘Benedito, Abençoado e Bendizido’ – Mamulengo Fuzuê (Ceilândia/DF)

Segunda-Feira (20/5) 

14h: Esc. Mun. Laurindo Sobreira do Amaral (Jardim São José) – ‘Dr. Raimundo’ – Coletiva Justina e Teatro Ludos (Aparecida de Goiânia/GO)

Terça-Feira (21/5) 

15h30:  Esc. Mun. Dona Belinha (Vila Isaura) – ‘Feira de Espiar’ – Coletivo Lambes Goianos (Goiânia/GO)

Quinta-Feira (23/5)

19h: Parque Ipiranga (Anápolis) – Mostra Itinerante de Teatro Lambe-lambe: A Dança do Parto; Guerra; Tupi or not Tupi?; Elza; Rosa; Julieta; O Mestre Tocador; O destino de Croquete; O Mundo após o parto; Sopa de Pedra; Um caminho para amar; A Cripta; Teatro a la carta.

Sexta-Feira (24/5) 

10h: Oficina Cultural Geppetto – Roda de Conversa: O Teatro de animação – Com a Mestra Denise di Santos

20h: Teatro Goiânia – ‘Habita-me’ – Carolina Garcia Marques (Morro Reuter/RS)

Sábado (25/5) 

18h30: Comunidade Educacional de Pirenópolis – Coepi (Pirenópolis) – Mostra Itinerante de Teatro Lambe-lambe

Domingo (26/5)

17h: Oficina Cultural Geppetto – Mostra Itinerante de Teatro Lambe-lambe com participação especial de Denise Di Santos e ‘A Dança do Parto’ de Salvador/BA

19h: Oficina Cultural Geppetto – Show Musical com Zabumba de Chita

Sábado (8/6) 

14h às 18h: Comunidade Educacional de Pirenópolis – Coepi (Pirenópolis/GO) – Oficina: Bonecos de vários materiais com a oficineira Izabela Nascente

Veja Também