Segunda-feira, 15 de abril de 2024

‘Enchente de São José’ e ‘enchente das goiabas’, entenda a origem das expressões

São as famosas águas de março, cantada por Elis Regina e Tom Jobim, fechando o verão

Postado em: 20-03-2024 às 12h09
Por: Cecília Epifânio
Imagem Ilustrando a Notícia: ‘Enchente de São José’ e ‘enchente das goiabas’, entenda a origem das expressões
'Enchente de São José' e 'enchente das goiabas', entenda a origem das expressões | Foto: iStock

Na noite de ontem (19), Goiânia foi “surpreendida” com uma forte chuva que chegou a alagar diversos pontos da capital, como trechos da BR-153 e ruas no Setor Bueno. Já o córrego da Marginal Botafogo transbordou, alagando parte da pista do complexo de viadutos da Jamel Cecílio.

Mas, será mesmo que foi uma chuva de surpresa? Segundo uma lenda popular, não foi nada disso. O que aconteceu ontem, dia 19 de março, foi a tradicional “Enchente de São José” – ou enchente das goiabas, termo utilizado em algumas cidades mineiras.

Dia de São José

No ano de 1870, o Santo José, pai adotivo de Jesus, foi proclamado “Patrono da Igreja Universal” e ganhou seu próprio dia no calendário da Igreja Católica. Como o período do ano em que a data é celebrada é chuvosa, criou-se a superstição contada até hoje.

Continua após a publicidade

Enchente das goiabas, a origem

Como falado anteriormente, algumas cidades mineiras conhecem o dia 19 de março como a época das enchentes das goiabas. Mas, por que isso? A expressão se popularizou porque, no último dia do verão, as chuvas derrubavam os frutos da goiaba que começavam a “rolar”.

Vale lembrar que para muitos a chuva nessa data é um sinal de fartura e felicidade! Segundo os mais antigos, caso não chova no dia 19 de março, é um sinal de que a colheita será fraca.

Confira alguns vídeos da chuva na capital!

Veja Também