Após seis altas consecutivas, dólar apresenta queda

Postado em: 17-02-2016 às 14h33
Por: Redação
Às 10h48, a moeda americana era negociada a R$ 4,029 para compra e R$ 4,031 para venda

O dólar comercial segue o
comportamento da divisa no exterior e opera em queda, após uma sequência de
seis altas consecutivas. Às 10h48, a moeda americana era negociada a R$ 4,029
para compra e R$ 4,031 para venda, recuo de 0,98% ante o real. Já a Bolsa de
Valores de São Paulo (Bovespa) opera com alta de 1,61%, aos 41.608 pontos.

O bom humor externo está atrelado, mais uma vez, às expectativas em relação ao
comportamento dos preços do petróleo. A Organização dos Países Exportadores de
Petróleo (Opep) se reúne novamente para discutir limitações à produção de óleo.
A menor demanda pelo produto e a oferta do mesmo estão contribuindo para a
queda no preço nos últimos meses, pressionando as moedas dos países produtores,
entre outros fatores.

O “dollar index”, calculado pela Bloomberg e que mede o comportamento
da divisa frente a uma cesta de dez moedas, está estável.

A atenção com o cenário interno, no entanto, é um fator de atenção para
investidores. “Na esfera política, parece em vão o esforço da presidente
Dilma Rousseff em buscar o diálogo. A oposição continua ferrenha e aliados não
estão convencidos do ajuste fiscal”, afirmou Jefferson Luiz Rugik,
analista da Correparti Corretora de Câmbio.

A moeda americana encerrou o pregão de quinta-feira cotada a R$ 4,071 na venda,
alta de 1,85% ante o real.

As ações da Petrobras operam em alta, acompanhando o comportamento do preço do
petróleo no exterior. O preço do barril do tipo Brent sobe 2,67%, a US$ 33,04 o
barril. Já os papéis preferenciais (PNs, sem direito a voto) da estatal avançam
2,70%, cotados a R$ 4,56, e os ordinários (ONs, com direito a voto) registram
valorização de 3,81%, a R$ 6,53.

Também registram ganhos as ações da Vale. As preferenciais sobem 2,05% e as
ordinárias apresentam variação positiva de 3,01%.

No exterior, os principais indicadores do mercado acionário também estão em
alta. O DAX, de Frankfurt, sobe 1,83%, e o CAC 40, da Bolsa de Paris, registra
variação positiva de 1,99%. O FTSE 100, de Londres, tem alta de 1,61%. (Agência
O Globo) 

Foto: Marcello Casal Jr (Agência Brasil) 

Compartilhe: