Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Comércio goiano espera faturar R$ 72 milhões até a páscoa

Chegada da época mais doce do ano promete agitar a economia em brasileira

Postado em: 26-03-2024 às 06h30
Por: Alexandre Paes
Imagem Ilustrando a Notícia: Comércio goiano espera faturar R$ 72 milhões até a páscoa
74% dos consumidores goianienses devem ir às compras com ticket médio da comemoração em torno de R$90 | Foto: Reprodução/Sérgio Carvalho

Os ovos de páscoa já estão roubando a cena nas prateleiras do país inteiro, a época mais doce do ano chega com altas expectativas. Um estudo feito pela CDL Goiânia (Câmera dos Dirigentes Lojistas), aponta que 74% dos consumidores goianienses devem ir às compras nesta páscoa e que o ticket médio da comemoração será em torno de R$90. Sendo assim, as vendas de páscoa devem injetar mais de R$72 milhões na economia local em 2024.

A empresária Rita de Cássia Cascão, dona da confeitaria goiana, Richesse, revelou ao Jornal O Hoje que o público espera cada vez mais produtos que vão além do tradicional ovo de páscoa, a procura por produtos artísticos e presentes pequenos aumentou esse ano e que a equipe está ainda maior neste período de páscoa para atender as demandas dos clientes.

A nível nacional, o mercado também está otimista. Uma pesquisa levantada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aponta que o comércio brasileiro deverá faturar aproximadamente R$3,44 bilhões. A projeção pode representar um crescimento de 4,5% em relação ao ano passado, já descontada a inflação. 

Continua após a publicidade

No levantamento foram analisados todos os itens tradicionais da páscoa, entre eles, chocolate, bacalhau e vinhos. Caso seja confirmada as expectativas, 2024 será o quarto ano consecutivo de alta nas vendas em todo Brasil.

Os estudos da CNC revelam que em 2024, a importação de chocolates chega a 3,35 mil toneladas, um aumento de 21,4% com relação a 2023. Mas apesar do grande consumo que é esperado neste ano, os preços dos produtos e serviços de páscoa estarão 5,2% mais caros com relação ao ano passado.

Para o consumidor, a páscoa vai além do gostinho doce, as compras representam um momento de conexão e alegria. “A páscoa é um período de união, todo ano levo presentes para os professores da minha filha e estou ansiosa para experimentar chocolates diferentes, é uma tradição de família” Conta a estudante, Carolina Correia.

Veja Também