Enderson explora alternativas no Goiás

Postado em: 20-02-2016 às 00h00
Por: Redação
Alviverde encara a Anapolina, fora de casa, e terá duas mudanças para reencontrar o caminho da vitória

FELIPE BONFIM

Dois jogos sem vitória ainda não são o bastante para o técnico Enderson Moreira ligar o sinal de alerta no Goiás. Nem deveriam. A sequência negativa, no entanto, é suficiente para o treinador decidir promover mudanças na equipe que enfrenta a Anapolina hoje, às 17 horas, no Estádio Jonas Duarte, em duelo válido pela 6ª rodada do Campeonato Goiano.

O comandante alviverde explica que é natural que o recém-formado grupo encontre algumas dificuldades no início da temporada, visto que não foi mantida uma base no elenco de 2015 – dos titulares, apenas o goleiro Renan e o volante Patrick permaneceram.Enderson reconhece que ainda há muito trabalho a ser feito, mas é otimista e garante que os atletas dão mostras que podem alcançar bom nível ainda durante o Estadual.

“Nós sabíamos que essas dificuldades iam aparecer. Esperávamos que fosse mais para frente, mas o quanto antes isso é detectado, mais rápido nós podemos mudar a equipe e buscar ajustes. Então, essas mudanças são mais no sentido de buscar outras alternativas”, disse.

Nos trabalhos da semana, no CT Edmo Pinheiro, o técnico esmeraldino sinalizou que o zagueiro David Duarte perdeu espaço para Anderson Salles, que fará sua estreia com a camisa alviverde. No meio, o capitão Wendel passa a figurar no banco de reservas, enquanto Wagner ganha chance na equipe titular. Com essa segunda alteração, Patrick é recuado um pouco na formação e forma dupla de volantes ao lado de William.

“O David é um jogador com grande potencial e que está maturando. É um atleta que nós queríamos ver em ação. Acho que ele teve ótimos momentos e outros que poderiam ter sido melhores, principalmente em termos de experiência. Ele erra coisas que são simples de ser corrigidas. Não são erros graves, mas alguns passes simples, por exemplo. São detalhes que podem ser aprimorados. Acho que é o momento de vermos o Anderson Salles, que é um jogador experiente, tem uma bola parada muito boa e pode nos ajudar nesse sentido”, explicou.

Com participação em quatro dos oito gols do Goiás no ano – são dois gols e duas assistências até aqui –, Wagner conquistou a confiança de Enderson e fez por merecer nova chance entre os onze.  “O Wagner merece a titularidade pelo que tem apresentado. O Wendel é um jogador extremamente experiente e um dos líderes do nosso grupo, mas tem uma particularidade na questão física e achamos por bem preservá-lo neste momento”, afirmou.

Suspensão

Expulso da beira de campo pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio durante o clássico contra o Atlético, no último domingo, Enderson Moreira ainda não sabe de poderá comandar a equipe do banco de reservas hoje. O Goiás acionou a Federação Goiana de Futebol (FGF) e ainda espera resposta da entidade quanto ao regulamento do Estadual.

“Ainda temos muita dúvida em relação a isso. É uma coisa que foi colocada no regulamento do Campeonato Brasileiro, mas não sabemos se foi estendida para o Campeonato Goiano. Pelas nossas consultas, parece que não existe essa suspensão. Se realmente houver, o Luís trabalha comigo diariamente e é muito capaz de exercer a função”, encerrou.

Embalar

A vitória sobre o Crac, fora de casa, primeira da Anapolina no Campeonato Goiano, deu moral ao grupo, que agora espera dar sequência ao bom resultado conquistado em Catalão. No duelo de hoje, o técnico Sílvio Criciúma não poderá contar com o atacante Romarinho, expulso na rodada anterior. 

Compartilhe: