Goiás bate a Anapolina e se reabilita

Postado em: 21-02-2016 às 00h00
Por: Redação

Edivaldo Barbosa

Após perder para o Goianésia e empatar o clássico com o Atlético, o Goiás conquistou a sua reabilitação no Campeonato Goiano ao derrotar a Anapolina por 3 a 1, ontem à tarde, no Estádio Jonas Duarte, em Anápolis, na abertura do returno da competição. Com a vitória, o alviverde chega a 13 pontos e amplia sua vantagem com relação ao Anápolis, segundo colocado do Grupo A. A Rubra segue com apenas quatro pontos no Grupo B.

Os gols da vitória alviverde foram marcados por Carlos Eduardo, Raphael Lucas e Wagner. Bruno Morais fez o tento de honra da Anapolina, que voltará a jogar pelo Goianão na próxima quarta-feira, contra o Itumbiara, no Jonas Duarte. Já o Goiás vai até Aparecida de Goiânia para enfrentar a Aparecidense, pela segunda rodada do returno do Goianão.

O jogo

Apesar da chuva forte, a partida começou com muita intensidade no Jonas Duarte. Anapolina e Goiás adotaram uma postura ofensiva diante de um bom público. O alviverde criou a primeira chance para balançar as redes do gol defendido pelo goleiro Toni. Aos 4 minutos, Carlos Eduardo puxou contra-ataque pela direita, mas sofreu falta quando seguia em direção ao gol. No minuto seguinte, Daniel Carvalho chutou forte a cobrança de falta e o camisa um da Anapolina espalmou para fora.

O Goiás abriu o placar aos 10 minutos, quando Wagner arrancou com a bola pela esquerda, tocou para Carlos Eduardo bater forte e superar o goleiro Toni – Goiás 1 a 0. Com maior posse de bola, o alviverde quase amplia. Aos 32, Carlos Eduardo recebeu a bola da entrada da área  e bateu com força. Sorte de Toni que a bola passou rente ao ângulo direito e foi para fora. Dois minutos depois, o empate. Herê cruzou e Bruno Morais cabeceou no canto para igualar o placar.

Apesar do equilíbrio da partida, o alviverde ainda criou uma oportunidade para ficar novamente à frente do placar. Aos 44, Daniel Carvalho cobrou escanteio Wesley Matos, sozinho, cabeceou para fora. 

Ao contrário do primeiro tempo, quando criou oportunidades, o Goiás foi pressionado pela Anapolina logo no início da etapa final. Aos dois minutos, Joninha cruzou da direita e Bruno Morais bateu de primeira. Atento, Renan conseguiu espalmar para escanteio. Aos 12, Ricardo cobrou falta, a bola quicou no gramado e Renan desviou para fora. Um minuto depois, Ricardo  foi lançado por Irlan e chutou rente a trave.

A defesa da Anapolina falhou, aos 27, e o Goiás aproveitou para passar novamente à frente no placar. Zé Neto tentou devolver a bola para Toni. A bola, porém, ganhou altura e não distância. Raphael Lucas cabeceou por cima do goleiro – Goiás 2 a 1. 

Em posição duvidosa, Wagner, aos 46, recebeu lançamento de Juninho, driblou o goleiro e decretou a reabilitação do Goiás no Goianão. 

Compartilhe: