Força ofensiva é arma do Goiás

Postado em: 24-02-2016 às 00h00
Por: Redação
Alviverde encara a Aparecidense, fora de casa, e aposta em ataque poderoso para conquistar a vitória esta noite

FELIPE BONFIM

Sete gols marcados nos últimos três jogos e 11 ao total do Campeonato Goiano. A máxima que aponta que a melhor defesa é o ataque se faz valer no Goiás. O alviverde ainda não se encontrou defensivamente, mas consegue resolver as partidas com força na linha de frete. É nisso que o clube aposta para bater a Aparecidense hoje, às 20h30, no Estádio Aníbal Batista de Toledo, em duelo válido pela 7ª rodada da competição.

A equipe balançou as redes em todas as partidas até aqui e o atacante Raphael Lucas, um dos artilheiros do time com três gols, espera que o grupo consiga levar a marca adiante no Estadual. “O Enderson tem confiado muito no nosso trabalho ali na frente. Fico contente de nós termos feito gol em todos os jogos e esperamos continuar assim durante boa parte da temporada”, disse.

A força ofensiva esmeraldina não reside apenas no único atacante da formação titular. Os três meias escalados pelo técnico Enderson Moreira, Carlos Eduardo, Daniel Carvalho e Wagner, são peças importantes no organização tática da equipe. Wagner, inclusive, já anotou três gols e quatro assistências no Goianão e vai se tornando o atleta mais importante ao lado de Daniel.

“Todos eles são muito importantes. O Daniel tem nos ajudado muito segurando a bola e ajuda bastante. O Wagner, pelos números, sabemos que ele está se destacando. Os dois são fundamentais para a criação das jogadas ofensivas e responsáveis diretos pelos nossos gols”, afirmou Raphael.

Para o confronto desta noite, Enderson Moreira irá promover duas mudanças na equipe em relação à que bateu a Anapolina, por 3 a 1, no último sábado. O zagueiro Wesley Matos recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora. A oportunidade, então, fica com Alex Alves, que forma dupla ao lado de Anderson Salles.

No meio, o volante William foi sacado para a entrada de Ramires. A opção, no entanto, para ser mais uma prevenção visando o duelo de domingo, contra o Vila Nova, no Estádio Serra Dourada. Pendurado com dois cartões amarelos, William pode apenas ter sido poupado para o clássico.

Topo

Há quatro jogos sem derrota, a Aparecidense, que antes figurava na zona de rebaixamento, colou nos adversários que disputam uma vaga nas semifinais. A equipe do técnico Márcio Azevedo precisa da vitória para dar mais um passo importante na briga por um lugar na próxima fase. O treinador, no entanto, não poderá contar com o lateral-direito Clayton Sales, emprestado pelo próprio Goiás. A tendência é que Leonardy assuma a posição. 

Compartilhe: