Tigre muda o foco da Série B para a Copa Verde, onde estreia contra o Rio Branco-ES

Invicto na Série B do Campeonato Brasileiro há sete rodadas, o Vila Nova “dá um tempo” da competição para pensar em outro torneio.

Postado em: 21-10-2021 às 07h10
Por: Breno Modesto
O atacante Cardoso deve ser um dos escolhidos por Higo Magalhães para iniciar o duelo contra o Rio Branco-ES, pela Copa Verde | Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC

Invicto na Série B do Campeonato Brasileiro há sete rodadas, o Vila Nova “dá um tempo” da competição para pensar em outro torneio. Nesta quinta-feira (21), às 19h30, o Tigre fará sua estreia na Copa Verde. O adversário será o Rio Branco, da cidade de Venda Nova do Imigrante, no interior do Estado do Espírito Santo.

Por conta da maratona que sua equipe fez pela Segundona nos últimos dias, o comandante vilanovense, Higo Magalhães, revela que deverá mandar a campo um time com atletas que estão jogando menos, principalmente para manter os titulares em trabalho de regeneração para o confronto contra o Brusque, já no domingo (24), pela 32ª rodada da segunda divisão.

“É notório que nós não temos condições de repetir a escalação que estamos acostumados a utilizar, principalmente por conta da Série B. Estamos com um desgaste muito grande de final de temporada. Então, vão jogar os atletas que estão jogando menos, que têm tido menos minutos em campo e que estão “doidos” para poder jogar. Felizmente, surgem essas oportunidades e eles estão preparados para corresponder”, disse Higo.

Continua após a publicidade

Ao analisar o confronto e o adversário, Higo entende que, pelo duelo ser realizado em jogo único, o clube capixaba tem as mesmas condições de avançar à fase seguinte do que seu time. Portanto, o treinador pede que seus atletas estejam o mais perto possível de uma partida sem erros.

“A situação da partida, em si, nos preocupa por conta de ser um jogo só. Então, nós temos as mesmas condições de vencer o jogo, como o nosso adversário. Estamos estudando, com muita clareza, tudo o que eles tentarão fazer para nos surpreender, para tentar ganhar o jogo aqui (em Goiânia). É um time que tentará fazer transições rápidas, jogando nos nossos erros. Precisaremos ter o entendimento de que o erro tem de ser minimizado. Porque, num jogo perigoso como esse, quanto menos você errar, mais próximo você estará de ter êxito”, comentou Higo Magalhães.

Histórico

Esta será a primeira vez que Vila Nova e Rio Branco-ES se enfrentarão. Porém, será a 32ª vez na história que o Tigre jogará contra uma equipe do Espírito Santo. Com 14 vitórias, o retrospecto está ao lado do clube goiano. Os capixabas derrotaram o Colorado em 13 oportunidades. Além disso, houveram outros quatro empates. 

A última partida do Vila Nova contra um time do Espírito Santo aconteceu há 19 anos atrás. Em 13 de abril de 2002, no Estádio Serra Dourada, o Tigre empatou em 1 a 1 com o Serra, pela 14ª rodada da extinta Copa Centro-Oeste.

Ficha técnica


Vila Nova x Rio Branco-ES


Data: 21 de outubro de 2021


Horário: 19h30


Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO)

Árbitro: Rodrigo da Fonseca Silva (MT)


Assistentes: Paulo César Silva Faria (MT) e Gislan Antonio Garcia da Silva (MT)

Vila Nova: Fabrício; André Krobel, Xandão, Ricardo e Bruno Collaço; Kallyl, Gustavo e Renan Mota; Cardoso (Nico Maná), Pedro Júnior e Alan Grafite.


Técnico: Higo Magalhães

Rio Branco-ES: Yuri; Douglas, Ferrugem, Jonata Pê e Neto; Leomir, Willian Sarôa, Gustavo e Willian Chrispim; Waschington e Montaño.


Técnico: Rodrigo César

Veja Também