Depois de duas descidas, dupla do bobsled está em 29º lugar em Pequim 2022

O Brasil fez sua estreia no bobsled em Pequim 2022 nesta segunda-feira (14). A dupla formada por Edson Bindilatti, como piloto, e Edson

Postado em: 14-02-2022 às 14h52
Por: Ildeu Iussef
Edson Bindilatti e Edson Martins fazem a terceira descida nos Jogos Olímpicos nesta terça-feira, 15. A soma dos tempos das três baterias define os finalistas | Foto: Wander Roberto/ANOC

O Brasil fez sua estreia no bobsled em Pequim 2022 nesta segunda-feira (14). A dupla formada por Edson Bindilatti, como piloto, e Edson Martins, como breakman, fez duas descidas no Centro Nacional de Esportes de Pista, em Yanqing, e, com o tempo total de 2:02.47, ficou na 29ª colocação geral. Na primeira descida, eles marcaram 1:01.11 e na segunda, 1:01.36.

“Claro que eu esperava um resultado melhor em termos de tempo, mas sabemos o quanto é difícil. Tive alguns erros bobos no começo da pista na primeira descida. Na segunda, consegui corrigir, mas dei bobeira na saída da curva 13. E aqui é uma pista que qualquer erro, você perde muita velocidade. É um ótimo aprendizado para gente ficar com a pista memorizada para amanhã e, principalmente, para o 4-man”, disse Bindilatti.

“A largada tem sido essencial nessa pista. Todos os times que estão largando rápido, estão conseguindo ter bons tempos no final. Então, amanhã é arrebentar nesse push e depois confiar na nossa pilotagem”, disse Edson Martins, que apontou um tempo de 5.1 como bom para o começo da terceira descida.

Continua após a publicidade

Nesta terça (15), eles ainda disputam a terceira bateria, a partir das 09h05 (horário de Brasília). A soma dos tempos das três descidas define os 20 que avançam para a final.

Veja Também