Higo Magalhães atribui derrota do Vila Nova a falha e expulsão do goleiro Georgemy

O Vila Nova foi derrotado pelo Ituano por 3 a 1, em um jogo marcado pelo começo ruim, a lambança e expulsão

Postado em: 24-04-2022 às 10h15
Por: Ildeu Iussef
Técnico colorado lamenta falha individual que fez Tigre ficar com um homem a menos | Foto: Fernando Brito/Vila Nova

O Vila Nova foi derrotado pelo Ituano por 3 a 1, em um jogo marcado pelo começo ruim, a lambança e expulsão de Georgemy ainda na primeira etapa. Com menos de 30 minutos do primeiro tempo, o goleiro Georgemy ao tentar sair jogando, fez uma lambança na pequena área, cometeu pênalti em Rafael Elias e foi expulso direto após revisão do lance no VAR.

Para o técnico Higo Magalhães, a falha individual do goleiro colorado foi determinante para o revés da equipe no Estádio Novelli Júnior. “Foi infeliz no lance. Tomou uma decisão precipitada em uma situação de risco e pagou o preço. Além de ser penalizado com o pênalti, teve também a expulsão. Ficamos com um jogador a menos em campo, o que complicou nossa estratégia”, afirmou.

Por ter sido expulso, o goleiro Georgemy está suspenso para o próximo jogo e não poderá jogar diante do Tombense, na próxima terça-feira (26), no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA). Atualmente, o Tigre conta com opções para posição: o goleiro Pedro Campanelli, que entrou no decorrer do jogo contra o Ituano, e Tony, que segue entregue ao Departamento Médico. 

Continua após a publicidade

O treinador colorado comentou acerca da situação do time para a posição. “O Tony se encontra no Departamento Médico, não tenho resposta definitiva até porque não foi passado para nós se está em transição para poder contar com ele. Nosso quarto goleiro é da base. São situações que acontecem dentro de uma competição como essa e pagamos o preço”, destacou.

Com a derrota sofrida para o Ituano, o Vila Nova completou um jejum de seis jogos sem vitória. Além disso, após três rodadas, o Tigre ainda não sabe o que é vencer na Série B do Brasileirão e está na zona de rebaixamento, na 17ª posição, com apenas dois pontos conquistados. O treinador comentou sobre a sequência negativa da equipe. 

“Na verdade, a necessidade de vitória é para todos nesse início da Série B. São situações decorrentes daquilo que começamos dentro da competição. Hoje, infelizmente tomamos decisões que não costumamos tomar e com isso fomos penalizados por uma derrota”, lamentou. 

O Vila Nova volta a campo na terça-feira (26), às 20h30, no OBA, para encarar o Tombense. A expectativa do técnico Higo Magalhães, tal como de toda a torcida vilanovense, é que a primeira vitória possa vir neste duelo.

“Temos que fazer um jogo simples e duelar muito forte em casa para conseguir esses três pontos. Tomamos decisões erradas, perdemos um jogador, isso facilitou para um adversário que é forte em casa. Precisamos minimizar as situações de erro e recuperarmos a confiança para ficarmos próximos do resultado positivo”, concluiu.

Veja Também