Atlético-GO é superado pelo América-MG e chega à quinta derrota seguida no Brasileiro

No Estádio Antônio Accioly, o time comandado pelo técnico Jorginho perdeu para o América-MG por 1 a 0, na noite deste domingo (24).

Postado em: 24-07-2022 às 20h18
Por: Breno Modesto
No Estádio Antônio Accioly, o Atlético-GO foi derrotado pelo América-MG por 1 a 0 | Foto: Alan Deyvid/Atlético-Go

O Atlético Goianiense terminou o primeiro turno da Série A do Campeonato Brasileiro com mais uma derrota. A quinta consecutiva na competição nacional. No Estádio Antônio Accioly, o time comandado pelo técnico Jorginho perdeu para o América-MG por 1 a 0, na noite deste domingo (24).

Com o resultado, o Dragão se mantém na zona de rebaixamento. O próximo compromisso do Rubro-Negro será na quarta-feira (27). Às 21h30, o Atlético recebe o Corinthians, no Accioly, pela ida das quartas de finais da Copa do Brasil. No sábado (30), pelo Brasileiro, enfrenta o Flamengo, às 20h30, fora de casa.

O jogo

Continua após a publicidade

O confronto entre Atlético-GO e América-MG começou com o time visitante tomando as primeiras ações ofensivas. Logo aos oito minutos, o volante Juninho recebeu dentro da área e, quando ia finalizar, foi travado pelo goleiro Ronaldo, que mandou para escanteio e impediu a finalização do Coelho.

Na cobrança do escanteio, Arthur recebeu um passe curto e levantou na área. O cruzamento acabou indo em direção à cabeça de Camutanga. No meio de Éder e Henrique Almeida, o defensor atleticano, que fazia sua estreia, acabou mandando contra o próprio patrimônio. No entanto, após checagem, o VAR pegou posição irregular do atacante e acabou anulando o que seria o primeiro gol da partida.

O momento dos mineiros seguiu melhor e o Coelho chegou com perigo em outras duas oportunidades. A primeira, na marca de 15 minutos, com Arthur, que aproveitou um cruzamento e cabeceou à esquerda de Ronaldo. Pouco tempo depois, aos 27, foi a vez de Henrique Almeida incomodar o arqueiro rubro-negro. Depois de um passe de Juninho, o atacante chutou de voleio, mas viu Ronaldo fazer a defesa.

De tanto insistir, o América conseguiu abrir o marcador. Aos 32 minutos, Lucas Kal foi carregando e descolou um belíssimo passe para Felipe Azevedo, dentro da área. Sem dominar, o atacante do Coelho só emendou no cantinho direito de Ronaldo, que até se esticou, mas não conseguiu alcançar a bola.

Na etapa final, o Rubro-Negro começou com tudo. Jorginho promoveu quatro alterações em sua equipe e, com apenas cinco minutos, Wellington Rato exigiu que Matheus Cavichioli trabalhasse para evitar o empate. Depois de um cruzamento pela esquerda, Jorginho desviou de cabeça e a bola sobrou para o camisa 11, que dominou no peito e encheu o pé. De mão esquerda, Cavichioli desviou e salvou o Coelho.

Estreante da noite, Peglow mandou uma no travessão. Depois de jogada individual, o atacante tocou para Ricardinho, que acabou desarmado pela defesa mineira. No entanto, o rebote voltou para Peglow, que emendou e viu sua finalização explodir no poste de Matheus Cavichioli, que “tirou com os olhos”.

Oito minutos depois, Ronaldo salvou o que seria o segundo gol do Coelho. Henrique Almeida fintou a marcação atleticana e tocou para Everaldo, na ponta direita. O camisa 37 carregou para o meio e tocou para Matheusinho, que devolveu para o atacante. Da entrada da área, ele tentou o chute colocado. Bem colocado, o camisa 1 fez a defesa.

A blitz atleticana seguiu, mas sem sucesso. O Atlético tentou outras cinco vezes. Duas com Churín, uma com Jefferson, uma com Wellington Rato e outra com Kelvin. O América teve outra chance também com Carlos Alberto. Mas todos eles não conseguiram marcar e o placar foi mesmo o 1 a 0.

Ficha técnica
Atlético-GO 0x1 América-MG

Data: 24 de julho de 2022
Horário: 18h
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Gol: Felipe Azevedo (32’/1T) – AMG

Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (Fifa/SP)

Atlético-GO: Ronaldo; Hayner (Dudu), Édson Felipe, Camutanga e Arthur Henrique (Jefferson); Willian Maranhão (Peglow), Marlon Freitas e Jorginho; Airton (Kelvin), Ricardinho (Churín) e Wellington Rato.
Técnico: Jorginho

América-MG: Matheus Cavichioli; Raúl Cáceres (Everaldo), Luan Patrick (Iago Maidana), Éder e Marlon; Lucas Kal, Juninho, Arthur (Patric) e Matheusinho; Felipe Azevedo (Conti) e Henrique Almeida (Carlos Alberto).
Técnico: Vagner Mancini

Veja Também