Com promessa de Serra Dourada lotado, Atlético Goianiense encara o Nacional, pela Sul-Americana

Às 19h15, no Estádio Serra Dourada, o Atlético encara o Nacional na partida de volta das quartas de final da Sula

Postado em: 09-08-2022 às 07h15
Por: Breno Modesto
No jogo de ida, o Atlético Goianiense derrotou o Nacional por 1 a 0, no Uruguai | Foto: Conmebol

Depois de vencer o Red Bull Bragantino e encerrar a sequência de seis derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro, o Atlético Goianiense “esquece” a competição nacional por um momento e volta as suas atenções para outro torneio. Desta vez, internacional. A Copa Sul-Americana, pela qual tem um compromisso importantíssimo nesta terça-feira (9).

Às 19h15, no Estádio Serra Dourada, os comandados do técnico Jorginho encaram o Nacional, do Uruguai, na partida de volta das quartas de final da Sula. O time rubro-negro entra em campo com a vantagem da ida, onde venceu por 1 a 0, com gol do atacante Luiz Fernando. Assim, o Dragão joga por um empate para ir à semifinal.

Assim como aconteceu na semana passada, um dos assuntos envolvendo o duelo é a presença do atacante Luis Suárez, que retornou ao Decano, clube pelo qual começou sua carreira profissional. Para Jorginho, o Nacional já uma equipe melhor que o Olimpia, adversário nas oitavas, e, com a presença de Luisito, fica ainda mais perigoso nas bolas aéreas. Sendo assim, o treinador pede cuidado e humildade para entender o potencial do adversário.

Continua após a publicidade

“(O Nacional) é uma equipe mais qualificada, tecnicamente, em relação ao Olimpia. (O Nacional) é muito perigoso nas bolas aéreas. Então, a gente sabe que o Nacional tem todo um glamour em relação à volta do Suárez e nós deveremos ter todo cuidado com ele, que é um grande centroavante, que fez uma história maravilhosa, que merece tudo o que conquistou e que é muito perigoso. Ele é muito presente na área, um artilheiro nato. Temos que ter muito cuidado e humildade de entender o potencial do adversário e tentar bloquear eles”, disse Jorginho.

Édson Felipe

Com um desconforto muscular, o volante Édson Felipe, que vinha atuando como zagueiro, está vetado da partida desta terça-feira (9). O confronto contra o Nacional seria a despedida do jogador com a camisa do Rubro-Negro, já que ele está acertado com uma equipe da Arábia Saudita para o restante da temporada. Sendo assim, a segunda passagem do atleta pelo Dragão está oficialmente encerrada.

Histórico

A partida desta terça-feira (9) será a terceira da história entre Atlético Goianiense e Nacional. As duas partidas anteriores, sendo uma oficial e outra não, terminaram com vitória do Rubro-Negro por 1 a 0. O primeiro confronto entre os clubes aconteceu no ano de 1975, em uma competição amistosa. Pelo Torneio Internacional Osmar Cabral, os goianos derrotaram os uruguaios no Serra Dourada, palco da decisão de logo mais.

Ficha técnica
Atlético-GO x Nacional

Data: 9 de agosto de 2022
Horário: 19h15
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Árbitro: Darío Herrera (ARG)
Assistentes: Maximiliano Del Yesso (ARG) e Fernando Echenique (ARG)
VAR: Germán Delfino

Atlético-GO: Renan; Hayner, Wanderson, Klaus e Arthur Henrique; Edson Fernando, Baralhas e Jorginho; Airton, Churín e Luiz Fernando.
Técnico: Jorginho

Nacional: Rochet; Lozano, Léo Coelho, Marichal e Cándido; Yonathan Rodríguez, Carballo, Trezza e Zabala; Gigliotti e Fagúndez (Luis Suárez).
Técnico: Pablo Repetto

Veja Também