Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

De sonho a pesadelo: Com bom início, Vila Nova perdeu sua melhor chance de subir para Série A

A equipe só precisava de uma vitória para conquistar o sonhado acesso

Postado em: 27-11-2023 às 23h47
Por: Ana Clara de Assis Praxedes
Imagem Ilustrando a Notícia: De sonho a pesadelo: Com bom início, Vila Nova perdeu sua melhor chance de subir para Série A
Equipe chegou a liderar a competição, mas terminou em oitavo lugar (Divulgação/ Vila Nova)

O início da temporada de 2023 do Vila Nova começou com um sonho: subir para a Série A. Com um começo positivo, a equipe chegou a liderar a Série B, após altos e baixos, o clube jogou a última rodada com chances de acesso, mas a derrota por 3 a 2 para o ABC, transformou o sonho Colorado em pesadelo.

O período pré-brasileirão não foi o melhor para o time, antes do início da Série B, o Vila foi eliminado nas quartas de final do Goianão, para o Anápolis. No mesmo período, saiu na segunda fase da Copa do Brasil, e na Copa Verde, caiu para o Cuiabá. Apesar dos maus resultados, as eliminações precoces deram tempo para a equipe se preparar para o Brasileirão.

Sob o comando de Claudinei Oliveira, o Vila Nova começou bem a Série B e registrou seu melhor começo de campeonato na era dos pontos corridos. Foram sete jogos até sofrer a primeira derrota, o clube acumulou cinco vitórias e dois empates, até perder por 1 a 0 para a Ponte Preta. Mesmo assim, voltou a vencer e chegou ao topo da tabela após bater o Vitória, por 1 a 0 na 16ª rodada. Mas a boa campanha do Colorado começou a balançar após assumir a liderança, nos jogos seguintes, perdeu para Londrina, Ceará, Novorizontino e Sport, e empatou com o ABC. A sequência ruim ocasionou a queda de Claudinei Oliveira, que estava no clube desde o início do ano. 

Continua após a publicidade

Marquinhos Santos assumiu o Vila Nova com o objetivo de colocá-los de volta no G4. No começo, deu certo, mas após oito rodadas, com três vitórias, três derrotas e dois empates, o treinador foi demitido. O terceiro nome a assumir o Tigrão no ano foi Lisca, cuja passagem foi ainda menor que a do último comandante. Após quatro jogos, o técnico foi mandado embora por perder de virada contra o Tombense e cair para a nona colocação. 

A situação do time estava complicada, o time que já havia ocupado a primeira colocação, viu o sonho do acesso se distanciar. Mas a reação veio após a chegada de Higo Magalhães ao comando. A vitória no clássico contra o Atlético-GO foi essencial para colocar a equipe de volta na competição. Na reta final, o clube empatou com o líder Vitória, e ganhou com folga do Londrina e do Ceará. De volta à boa fase e com o tropeço de alguns concorrentes diretos, o Vila Nova chegou à última rodada dentro do G4 e precisava apenas de vencer o lanterna da competição para subir. Porém, com um futebol irreconhecível, o time perdeu para o ABC e caiu para oitavo lugar, adiando o sonho da Série A.

Veja Também