Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Brasil bate recorde de medalhas no Parapan, goianos conquistam 11 pódios

Delegação brasileira conquistou 35 a mais do que na última edição, em Lima 2019

Postado em: 30-11-2023 às 18h26
Por: Ana Clara de Assis Praxedes
Imagem Ilustrando a Notícia: Brasil bate recorde de medalhas no Parapan, goianos conquistam 11 pódios
Equipe brasileira supera última edição do torneio e leva 343 medalhas (Foto:Ale Cabral /CPB)

Os Jogos Parapan-Americanos de 2023, em Santiago, no Chile, terminaram após dez dias de competição. Apesar de ser um torneio breve, a delegação brasileira teve tempo o suficiente para quebrar recordes e conquistar 343 medalhas, 35 a mais do que na última edição, em Lima 2019. As conquistas estão divididas em 156 ouros, 98 pratas e 89 bronzes. Contribuindo para o recorde, estão os paratletas goianos, que garantiram 11 pódios para o Brasil.   

Catorze atletas representaram Goiás este ano, e levaram para casa cinco ouros, três pratas e três bronzes. A modalidade que mais conquistou medalhas para o Estado foi o tênis de mesa, com seis pódios. Thaís Fraga, paratleta de Goiânia, levou duas pratas, uma na dupla mista e outra na dupla feminina, além de conquistar um bronze no simples feminino classe 1.  Lethícia Lacerda, também de Goiânia, ganhou dois bronzes, um no simples feminino classe 8 e outro nas duplas femininas. O ouro veio com Iranildo Espíndola, nas duplas masculinas. 

Com ótimos resultados, Vanilton Nascimento, de Goiânia, ganhou dois ouros na natação, nos 100 metros borboleta e nos 50 metros livres. No badminton, mais dois ouros. Abinaécia Silva subiu ao lugar mais alto do pódio no simples feminino classe SL3, assim como Ana Carolina Reis, que ficou em primeiro lugar no simples feminino classe SL4. No atletismo, Rodrigo Pereira, ganhou uma prata, no salto em distância T36. 

Continua após a publicidade

O presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Mizael Conrado, falou sobre o bom desempenho dos brasileiros, e disse que o Parapan foi um aquecimento para os Jogos Paralímpicos 2024. “Nós mais do que cumprimos todas as metas. Nosso resultado de Lima era bastante expressivo. Tínhamos esse desafio de superar esses números tão grandiosos, mas nossos atletas surpreenderam todos nós e superaram todas as metas. Os Jogos Parapan-Americanos são um termômetro. Vamos aprimorar para Paris”.

O Brasil conquistou pódio em todas as 17 modalidades do torneio, com destaque para natação, que bateu o recorde com 67 medalhas de ouro. Também faturaram medalhas de ouro o atletismo (34), o badminton (9), a bocha (5), o ciclismo (5), o futebol de cegos (1), o futebol PC (1), o goalball (1), o halterofilismo (7), o judô (6), o taekwondo (4), o tênis de mesa (13), o tiro com arco (1) e o tiro esportivo (2).

Veja Também