Terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

 Com a saída de alguns jogadores, Atlético-GO busca montar time competitivo para 2024

A diretoria do clube está focada em montar um elenco para próximo ano

Postado em: 02-12-2023 às 11h36
Por: Ana Clara de Assis Praxedes
Imagem Ilustrando a Notícia:  Com a saída de alguns jogadores, Atlético-GO busca montar time competitivo para 2024
Dragão volta a jogar a Série A após um ano e busca renovar elenco (Divulgação/ACG)

Após conquistar o acesso e voltar para a Série A, a diretoria do Atlético Goianiense está focada em montar um time competitivo para 2024. Na próxima temporada, o clube tem grandes desafios pela frente e irá disputar o Campeonato Goiano, o Brasileirão Série A e a Copa do Brasil. Parte do time tem contrato até o final do ano que vem, mas outros nomes são dúvidas para o elenco. 

Dos atletas que participaram do acesso, 17 nomes possuem contrato em vigência e permanecem em 2024. Dentre eles, figuras importantes, como o goleiro e capitão Ronaldo. O defensor teve papel decisivo no acesso, na 35ª rodada, contra o Novorizontino, ele defendeu um pênalti que daria a vitória ao Tigre do Vale, com o empate, o Atlético ficou na vice-liderança e despistou o concorrente direto. 

Além do capitão, permanecem os laterais Bruno Tubarão, Igor Ribeiro, Renan Silva e Guilherme, na linha de zaga, Heron e Lucas Gazal ficam. Outros nomes que continuam são os volantes, Gabriel Baralhas e Rhaldney, os meias Dodô e Araos, que se recupera de lesão no joelho, e no ataque permanecem Luiz Fernando, Airton, Sillas, Daniel e Kelvin. 

Continua após a publicidade

Em entrevista ao Podcast Saideira, o presidente do Atlético, Adson Batista, falou sobre a importância de montar uma boa equipe para disputar a primeira divisão: “A série A é muito competitiva, um time grande que entra mole, perde o jogo. É evidente que times que têm maior poder de investimento saem na frente, mas você tem que saber driblar isso para poder sair na frente, a gente entra no Brasileiro para buscar uma espaço de permanência, não adianta mentir sobre isso. Brigar com times grandes com poder de investimento é difícil, é muito dinheiro, mas são onze contra onze, se conseguir montar um time equilibrado taticamente, com cognitivo bom, é bem provável de fazer uma boa campanha”.

Responsável pelo bom segundo turno do Atlético, o técnico Jair Ventura gera especulações sobre sua permanência, o contrato do treinador dura até o final do Campeonato Estadual. Em 2023 o clube teve quatro técnicos até se acertar com Jair. O ano começou com Eduardo Souza, que ficou à frente do clube por 13 jogos, em seguida, Mozart chegou, mas ficou apenas sete jogos no comando. Alberto Valentim foi a terceira aposta do clube, a passagem do técnico durou pouco mais de dois meses, e após nove jogos sem vencer, foi demitido. A nova aposta do time foi Jair Ventura.  

Adson relembrou o primeiro turno da equipe e falou sobre o trabalho de Jair Ventura com os atletas. “Nosso primeiro turno não foi bom, investimos para subir, mas ficamos aquém, aí reforçamos o time, alguns técnicos, não deu certo, eles não conseguiam fazer os jogadores acreditarem no discurso. O Jair foi fundamental, ele falou, os jogadores acreditaram, compraram a ideia, ele recuperou atletas taticamente, e nós fizemos um grande segundo turno”.

Apesar das permanências, o time terá algumas perdas, pois o contrato de 16 atletas se encerrou com o fim das competições. A diretoria tem interesse em manter alguns nomes, mas depende das propostas que os atletas receberão. Parte das baixas são jogadores emprestados, como o goleiro Diego Loureiro, que pertence ao Botafogo. Na zaga, Alix Vinicius, que está emprestado do Fortaleza desperta interesse do time para renovação, assim como Luiz Felipe, do Santos. 

Lucas Rocha e Emerson Santos ficam livres no mercado e não devem permanecer no clube. Do Palmeiras, o lateral Lucas Esteves também deverá deixar o Dragão, assim como Rodrigo Soares. Os volantes Matheus Sales, Marcos Serrato  e Renato não são certeza para o elenco. O setor do meio do Dragão pode perder nomes importantes, como Shaylon, que está livre no mercado, o artilheiro Gustavo Coutinho, que pertence ao Fortaleza e deve deixar o time, e Mateus Peixoto, que recebeu proposta de um time do Japão. A equipe não informou novos reforços até o momento.

Veja Também