Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

 “Vamos levantar a cabeça e continuar a caminhada”, afirma técnico do Goiás

Mário Henrique falou sobre a motivação da equipe para terminar o campeonato já sendo rebaixado

Postado em: 05-12-2023 às 14h52
Por: Ana Clara de Assis Praxedes
Imagem Ilustrando a Notícia:  “Vamos levantar a cabeça e continuar a caminhada”, afirma técnico do Goiás
Mário Henrique chegou ao clube em novembro para tentar evitar a queda para Série B (Foto: Rosiron Rodrigues/GEC)

Após perder para o Grêmio e ser rebaixado de forma antecipada, o Goiás jogou a penúltima rodada do Brasileirão Série A, neste domingo (03), contra o Fortaleza. Jogando fora de casa, a equipe perdeu mais uma vez, por 1 a 0, com gol de Guilherme. Com o resultado, o Verdão acumula cinco derrotas nos últimos cinco jogos, e a última vez que ganhou, foi há um mês, dia 05 de novembro, contra o Coritiba, com gol de Raphael Guzzo. 

À frente do clube a menos de um mês, o técnico Mário Henrique falou sobre a motivação da equipe para terminar o campeonato já sendo rebaixado. “Acredito que a equipe, mesmo na condição de rebaixado, vem se mostrando melhor, mais aguerrido e bem compactado. Com os conceitos que a gente pensa no futebol, jogamos um bom jogo contra o Fortaleza, infelizmente tomamos um gol de bobeira logo no início do jogo, que colocou nossas ideias iniciais para baixo. Vamos levantar a cabeça e continuar a caminhada”. 

Mário Henrique afirmou que o momento de crise não pode desestimular os atletas, e que mesmo com as dificuldades, busca incentivar os jogadores e extrair o que há de melhor no elenco. “Se nós continuarmos somente atirando pedra, seja em qualquer situação, a gente não consegue extrair o que temos de melhor. Minha ideia foi potencializá-los e dizer que eles são incríveis, mesmo diante de tudo que aconteceu, esses caras tem uma carreira longa pela frente, são pessoas que desde o momento que eu estive no comando, não faltaram com nenhum tipo de comprometimento”.

Continua após a publicidade

Esse é o quarto rebaixamento do Goiás na era dos pontos corridos. A equipe também caiu nos anos de 2010, 2015 e 2020. O goleiro e capitão do time, Tadeu, falou sobre os jogos restantes e afirmou que esta foi uma temporada difícil. “O resultado não ia mudar muita coisa, o importante é que temos que respeitar a camisa e a instituição até final. Foi um ano difícil, ruim, e o mínimo que estamos fazendo agora é respeitar a camisa e esperar o final do campeonato para ver como o time vai ser organizado daqui pra frente”.

Na última rodada do campeonato brasileiro, e na despedida do Goiás da Série A, a equipe enfrenta o também rebaixado América Mineiro, na próxima quarta-feira (6), às 19h, no Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia.

Veja Também