Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Brasil vence a terceira seguida e garante vaga nas Olimpíadas de 2024

Com vitória de virada, Brasil está confirmado nas Olimpíadas

Postado em: 30-01-2024 às 16h34
Por: Ana Clara de Assis Praxedes
Imagem Ilustrando a Notícia: Brasil vence a terceira seguida e garante vaga nas Olimpíadas de 2024
De virada, Brasil venceu Equador por 2 a 1 (Joilson Marconne/CBF)

Pela quarta rodada do Pré-Olímpico de Futebol, o Brasil venceu o Equador por 2 a 1, de virada, e com 100% de aproveitamento, conquistou a classificação para os Jogos Olímpicos de Paris 2024. O Equador era o oponente  a ser batido, com um jogo a mais, era o líder do Grupo A, com duas vitórias e dois empates. Após a derrota, a equipe perdeu o posto, e o Brasil assumiu a ponta, contra três vitórias e nove pontos.

O Jogo

Após jogo difícil na última rodada, o técnico Ramon Menezes promoveu mudanças na equipe em busca de evitar desgaste físico. Michel e Kaiki, que foram substituídos por lesão contra a Colômbia, deram lugar para Luan Patrick e Rikelme. O primeiro tempo foi morno, o Brasil atacou mais, mas teve dificuldades para finalizar com efetividade. O Equador tentou, apostou nos lançamentos longos mas não levou grandes perigos, o time só teve duas finalizações e a única boa chance foi aos 10 minutos, Layan Loor arriscou de fora da área mas a bola foi para fora. 

Continua após a publicidade

Já o Brasil passou perto aos 19 minutos, Andrey Santos inventou o jogo com toque para Alexsander, que driblou o marcador e cruzou, Endrick cabeceou para fora. Poucos minutos depois, após a cobrança de falta, a bola sobrou para Khellven, dentro da área, ele chutou de canhota e o goleiro Villa espalmou. A equipe Canarinha teve cinco finalizações, e mesmo com mais volume de jogo, terminou a primeira etapa em 0 a 0. 

O segundo tempo foi mais movimentado. O Brasil continuou melhor, mas o Equador surpreendeu aos 13 minutos, e abriu o placar. Patrick Mercado chutou de primeira da entrada da área, a bola desviou em Chaves, enganou o goleiro brasileiro e entrou. A reação brasileira foi instantânea. O time passou a atacar e aos 19 minutos empatou. Endrick recebeu a bola e chutou cruzado, Marlon Gomes pegou o rebote e marcou. O jogo continuou em ritmo acelerado, e aos 29 minutos, a virada. Pirani recebeu de Khellven e na segunda tentativa, com a perna esquerda, chutou colocado e mandou para o gol. 

O jogo foi movimentado até o final, o Equador buscou a virada, foi mais incisivo, aos 38, teve boa chance após cobrança de falta, Ochoa cobrou direto para o gol, mas  o goleiro Mycael fez grande defesa. Mas o Brasil soube recuar e se defender, o time prendeu a bola no campo de ataque e não levou mais sustos até o apito final. 

Agenda

O Brasil volta a jogar contra a Venezuela na próxima quinta-feira (1), às 20h, pela quinta rodada do Pré-Olímpico.  

Ficha técnica 

Brasil 2 x 1 Equador 

Local: Estádio Brigido Iriarte, em Caracas, Venezuela

Data: 28 de janeiro de 2024

Horário: 17h

Árbitro: Tejera Capo, Gustavo Adrian (URU)

Assistentes: Barreiro Jara, Carlos Javier (URU) e Nievas Acosta, Andres Nicolas (URU)

Gols: Marlon Gomes aos 19 min/2T e Gabriel Pirani aos 29 min/2T; Patrick Mercado aos 13 min/2T

Cartões Amarelos: Arthur Chaves (Brasil); Christian García (Equador)

Brasil: Mycael; Khellven, Arthur Chaves, Lucas Fasson e Rikelme (Pirani); Andrey Santos (Ronald), Marlon Gomes e Alexsander; Mauricio (Pec), John Kennedy (Giovani) e Endrick (Marquinhos)

Técnico: Ramon Menezes.

Equador: Villa; Sánchez, García, Quiñónez e Loor; Pluas (Ayoví) e Patrik Mercado (Ochoa); John Mercado, Vite e Medina (Merlaza); Obando

Técnico: Miguel Bravo

Veja Também