Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Anápolis e Aparecidense não se classificam para próxima etapa da Copa Verde e Copa do Brasil, respectivamente

Ficam pelo meio do caminho

Postado em: 28-02-2024 às 23h20
Por: Larissy Summer Santos
Imagem Ilustrando a Notícia: Anápolis e Aparecidense não se classificam para próxima etapa da Copa Verde e Copa do Brasil, respectivamente
Agora as equipes se encontram pelas quartas de final do Campeonato Goiano. (Foto: Rafael Leandro | Villa Nova)

Nesta quarta-feira (28), o Anápolis e a Aparecidense entraram em campo, mas por competições diferentes. Na semana passada, o Galo da Comarca venceu a Tombense por 1 a 0 e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil, agora pela primeira fase da Copa Verde a equipe empatou em 1 a 1 contra o Porto Velho (RO), mas perdeu nas disputas de pênaltis por 5 a 3. 

Já o Camaleão entrou em campo pela Copa do Brasil e perdeu para o Villa Nova (MG), por 1 a 0. Com a derrota a equipe goiana não se classifica para segunda fase da competição e deixa de embolsar uma ‘bolada’ de R$ 945 mil.

Porto Velho 1 (5) x 1 (3) Anápolis 

Continua após a publicidade

Jogando fora de casa o Anápolis viu os donos da casa, o Porto Velho buscou mais o jogo no primeiro tempo. O técnico Luiz Carlos Winck optou por uma escalação mista e a equipe goiana apresentava dificuldades nas criações de jogadas e até mesmo encaixar contra-ataques.

A equipe rondoniense não conseguia aproveitar a fragilidade do Anápolis e converter em gol. Apenas na reta final o Porto Velho conseguiu abrir o placar com gol de Caio Vinicius. Após receber a bola de Marcos Goiano, o atacante avançou em velocidade e invadiu a área ficando cara a cara com o goleiro Wellerson e balançou as redes. 

Na segunda etapa a Locomotiva acabou recuou suas linhas e a partida mudou de figura. Precisando do resultado, o Anapólis começou a sair mais para o jogo e passou a criar oportunidades de empatar a partida, enquanto o Porto Velho segurava o resultado e esperava uma oportunidade de contra-ataque.

Aos 53 minutos o árbitro marcou pênalti para a Aparecidense, após a bola bater no braço de Fagner dentro da área. Marcão converteu a cobrança  deixando a partida em igualdade, levando a decisão da classificação para próxima etapa para os pênaltis.   

Nas cobranças de pênaltis, o Porto Velho foi mais eficiente do que o Anápolis, enquanto a equipe rondoniense manteve o seu 100% de aproveitamento nas cobranças, os goianos desperdiçaram uma cobrança.

Agora o Anápolis volta as suas atenções para o Campeonato Goiano, a equipe irá enfrentar a Aparecidense no domingo (03/03), às 16h, no estádio Annibal Batista de Toledo, em Anápolis, pelas quartas de final.

Villa Nova 1 x  0 Aparecidense  

Mesmo com a vantagem do empate, que era o suficiente para classificar para segunda fase a equipe goiana, a Aparecidense buscou na primeira etapa o seu gol. Apesar da maior posse de bola para o Camaleão, o Villa Nova segurava a equipe visitante. 

O time mineiro não conseguia criar oportunidades de balançar a rede, o Villa teve uma boa oportunidade de marcar o primeiro gol da partida, mas o goleiro Glaycon evitou o gol. Aos poucos a Aparecidense igualou a partida, mas também não criou. 

No segundo tempo a partida ficou amarrada, ambas as equipes não conseguiam criar chances de gols. A partida dava características de que a classificação seria decidida nos pênaltis, mas aos 37 minutos Guilherme Santos marcou para o Villa Nova. 

Após aproveitar erro em uma saída de bola, o atacante marcou para os donos da casa. Precisando do empate, a Aparecidense tentou se lançar ao ataque, enquanto o Leão segurava as investidas goianas. Com a derrota o Camaleão não se classifica para segunda fase e volta a sua atenção para o campeonato estadual, onde irá enfrentar o Anápolis no domingo (03/03).

Veja Também