Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Atlético-GO vence Vila Nova por 2 a 0 no OBA e se aproxima do tricampeonato

Luiz Fernando e Alix Vinícius marcaram os gols da vitória

Postado em: 31-03-2024 às 18h50
Por: Ana Clara de Assis Praxedes
Imagem Ilustrando a Notícia: Atlético-GO vence Vila Nova por 2 a 0 no OBA e se aproxima do tricampeonato
Atlético tira invencibilidade do rival dentro de casa e chega a 14ª vitória seguida (Foto: Afonso Cardoso)

Dentro de casa, o Vila Nova perdeu para o Atlético-GO por 2 a 0 no último domingo (31), no primeiro jogo da final do Campeonato Goiano. No Onésio Brasileiro Alvarenga, o Dragão tirou a invencibilidade de 14 jogos dentro de casa do Vila e garantiu uma boa vantagem para o jogo de volta da decisão do Goianão. Além da vitória e do bom futebol, o rubro-negro aumentou o número de vitórias consecutivas e está há 14 jogos invicto, o maior número de sua história. A partida de volta será no próximo domingo (7/4), a partir das 16h, no Antônio Accioly.

O jogo

A decisão começou movimentada, mesmo fora de casa, o Dragão assumiu postura ofensiva e foi melhor na primeira etapa. A equipe criou mais nos minutos iniciais e teve mais a posse da bola. Já o Vila Nova segurou a pressão e teve a primeira chance aos 16 minutos. João Vitor arriscou de longe, a bola desviou em Alesson e foi direto no travessão. A resposta do Atlético foi instantânea, Alejo Cruz recebeu, bateu de canhota, mas a bola foi para fora.

Continua após a publicidade

A pressão atleticana deu resultado aos 28 minutos. Luiz Fernando recebeu na entrada da área, bateu rasteiro com a perna esquerda e abriu o marcador para os visitantes. Com o gol, o camisa 11 do Dragão chegou a 10 gols no Goianão e se igualou ao Paulo Baya na artilharia do torneio. Sem uma reação por parte do Vila, o Atlético aproveitou para marcar mais uma vez. Aos 37 minutos, Shaylon cobrou falta, o zagueiro Alix Vinícius mandou de cabeça para o gol e fez o segundo do Dragão.

Com dois gols de desvantagem, o Vila voltou para segunda etapa em busca do empate, mas assim como no primeiro tempo, o Atlético foi superior. Aos sete teve gol anulado, Emiliano Rodríguez fez bom lance, marcou, mas estava em posição irregular. Minutos depois, o Vila apareceu pela primeira vez, Bruno Matias bateu forte de fora da área, mas o goleiro Ronaldo espalmou. Do lado atleticano as ofensivas continuaram. Alejo Cruz recebeu na área e finalizou, Dênis Júnior conseguiu fazer a defesa. 

A segunda etapa foi repleta de chances para o Atlético, mas o time não conseguiu aproveitar e ampliar o placar. Emiliano Rodriguez e Shaylon tentaram mas pararam na trave. No final do jogo, Baralhas, Love e Luiz Fernando também tiveram boas chances, mas o goleiro Dênis Júnior compareceu e fechou a meta vilanovense. Os donos da casa não se organizaram em campo e não levaram perigo ao Atlético. Com atuação abaixo do esperado, o Vila perdeu o primeiro jogo da final por 2 a 0.

O jogo de volta será no próximo domingo (7/4), no Antônio Accioly. Foto: Afonso Cardoso

Ficha técnica

Vila Nova 0 x 2 Atlético-GO 

Data: 31 de março de 2024

Hora: 16h

Local: Onésio Brasileiro Alvarenga

Árbitro: André Luiz Castro (GO)

Assistentes: Hugo Correa (GO) e Tiego dos Santos (GO)

Cartões amarelos: Matheus Pivô, Roberto e Henrique Almeida (Vila Nova); Shaylon (Atlético-GO)

Gols: Luiz Fernando aos 28 min/1T e Alix Vinícius, aos 37 min/1T (Atlético-GO) 

Vila Nova: Dênis Jr; Matheus Pivô (Anderson Conceição), Ruan Santos, Quintero e Roberto; Ralf, João Vitor (Fernandão) e Bruno Matias; Estevão (Juan Cristian), Alesson (Sandrinho), Henrique Almeida (Bolt).

Técnico: Márcio Fernandes

Atlético-GO: Ronaldo; Bruno Tubarão, Alix Vinícius, Adriano Martins e Guilherme Romão; Rhaldney (Maguinho) e Baralhas (Lucas Kal); Shaylon, Alejo Cruz (Yony), Luiz Fernando, Emiliano Rodríguez (Love). 

Técnico: Jair Ventura

Veja Também