Terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

CEO da Ferrari pede desculpas para Leclerc

Equipe italiana decidiu não mandar Charles para mais uma volta no treino classificatório e ele acabou eliminado no Q1

Postado em: 31-05-2019 às 08h50
Por: Raphael Bezerra
Imagem Ilustrando a Notícia: CEO da Ferrari pede desculpas para Leclerc
Equipe italiana decidiu não mandar Charles para mais uma volta no treino classificatório e ele acabou eliminado no Q1

Foto: Reprodução / Ferrari 

Da Redação

O piloto da Ferrari, Charles Leclerc foi do céu ao inferno durante o último fim de semana. O monegasco faria sua primeira corrida em casa como um piloto da Scuderia Ferrari e um erro de planejamento da equipe fez com ele fosse eliminado ainda no Q1, ao tentar ganhar posições nas ruas de Mônaco ele acabou batendo e depois de algumas voltas abandonando a prova. O jovem piloto foi flagrado pelas câmeras extremamente nervoso e reclamando com os engenheiros da equipe italiana.

Continua após a publicidade

O CEO Louis Camilleri assumiu a responsabilidade da equipe italiana pela decisão de não mandar Leclerc à pista para uma última tentativa por julgar que o tempo feito até então garantia o piloto no Q2.

“Nós sinceramente pedimos desculpas a ele (Leclerc). Esse tipo de incidente não pode acontecer de novo. Foi um erro por parte da equipe e entendemos isso. Agora temos de esquecer o que aconteceu e fazer de tudo para diminuir a diferença para a Mercedes”, disse Camilleri ao site “GPFans”. 

A próxima etapa acontece no dia 9 de junho, no GP de Montreal, no Canadá.

Veja Também