Goianésia volta a perder pênalti contra o Vila Nova, mas se recupera e vence por 2 a 0

Postado em: 04-04-2021 às 18h05
Por: Breno Modesto
O Goianésia derrotou o Vila Nova, no OBA, por 2 a 0 | Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC

Breno Modesto

O Goianésia conquistou sua primeira vitória no Campeonato Goiano. Mesmo jogando fora de casa, o Azulão do Vale não se intimidou e, na tarde de ontem (4), derrotou o Vila Nova, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, por 2 a 0, acabando com a sequência invicta de Wagner Lopes à frente do comando técnico colorado. Os gols do triunfo goianesiense foram marcados pelo atacante Édipo e pelo meia Léo Carvalho.

Com o resultado, o time do Vale do São Patrício se mantém na quinta colocação, agora com seis pontos conquistados, mas diminuiu a diferença para o seu arquirrival Jaraguá, que é o primeiro time dentro do G4, para um ponto. O Tigre, com 10 pontos ganhos, continua na vice-liderança.

O jogo

Vila Nova e Goianésia protagonizaram um início de partida muito abaixo das expectativas. Os ataques das equipes pouco incomodaram os goleiros. O primeiro chute veio aos quatro minutos, quando Henan, da entrada da área, arriscou uma bicicleta, que passou à direita de Artur.

O primeiro lance de grande perigo do jogo aconteceu apenas na casa dos 20 minutos da primeira etapa. Isso porque, aos 18, o árbitro Anderson Gonçalves marcou um pênalti para o Azulão. 

Depois de um cruzamento de Bruno Leite, Du Gaia, de cabeça, ajeitou para Édipo finalizar. O camisa 19 foi travado pelo zagueiro Nilson Júnior. Na cobrança, Andrezinho parou em Georgemy, que defendeu seu segundo pênalti consecutivo contra o mesmo Goianésia.

A redenção do Azulão veio pouco tempo depois. Aos 33, Bruno Leite lançou na área novamente. Desta vez, o cruzamento encontrou a cabeça de Édipo, que se desvencilhou da marcação de Nilson Júnior e não desperdiçou, abrindo o placar no OBA. No finzinho do primeiro tempo, Andrezinho, de fora da área, assustou Georgemy novamente.

Na etapa final, assim como na primeira, os times demoraram a se encontrar. A primeira chegada veio aos 14, quando Andrezinho aproveitou uma sobra de bola de um cruzamento e mandou um chutaço, que Georgemy defendeu.

No minuto seguinte, veio o segundo gol do Goianésia. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou, na entrada da área, para o meia Léo Carvalho, que resolveu arriscar. O chute encontrou o zagueiro Nilson Júnior no meio do caminho e acabou matando Georgemy, que nada conseguiu fazer para evitar o tento azul.

Aos 37, após um escanteio cobrado por Arthur Rezende, a bola viajou e encontrou o zagueiro Nilson Júnior, que tentou a finalização. Porém, o chute, de primeira, passou por cima do travessão de Artur. Dois minutos depois, foi a vez de Dudu testar o arqueiro goianesiense. Mas o camisa 1 defendeu sem hesitar e segurou o resultado para sua equipe.

Ficha técnica
Vila Nova 0x2 Goianésia

Data: 4 de abril de 2021
Horário: 16h
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO)

Gols: Édipo (33’/1T) e Léo Carvalho (15’/2T) – GOI

Árbitro: Anderson Gonçalves
Assistentes: Leone Carvalho e Adriano Mendes

Vila Nova: Georgemy; Pedro Bambu, Rafael Donato, Nilson Júnior e Thiago Carleto (Willian Formiga); Dudu, Kallyl (Arthur Rezende) e Romário (Juninho); Kelvin (Thiaguinho), Henan e Markson (João Pedro).
Técnico: Wagner Lopes

Goianésia: Artur; Caio Acaraú, Márcio Luiz e Anderson Sobral; Bruno Leite, Bosco, Fábio Leite, Léo Carvalho (Ygor) e Andrezinho (Nael); Édipo (Rômulo) e Du Gaia (Elves).
Técnico: Ariel Mamede

Compartilhe: