Profissional fala sobre diferentes tipos de pele e cuidados que devem adotados

Profissional explica que os cuidados são relevantes para conter o envelhecimento e prevenir o aparecimento de lesões e doenças

Postado em: 20-07-2022 às 09h06
Por: Elysia Cardoso Ferreira
Profissional explica que os cuidados são relevantes para conter o envelhecimento e prevenir o aparecimento de lesões e doenças | Foto : Divulgação

Para ter uma pele bonita e saudável é preciso ter cuidados durante o dia todo. Mas você sabia que esses cuidados variam de acordo com o tipo de pele? As peles são classificadas em fototipos, que indicam a quantidade de pigmentação em níveis de 0 a 6 em uma escala de cores. 

Cada fototipo requer um cuidado especial em relação à proteção solar e dermocosméticos específicos. Também existem as peles secas e oleosas, outras mais e menos resistentes, com diferentes níveis de firmeza e propensão ao desenvolvimento de rugas. Para entender o tipo de pele, é preciso procurar o profissional de dermatologia que vai identificar os melhores cosméticos para cada pessoa.

A coordenadora do curso de Estética e Cosmética da Faculdade Senac, Kezia Fernanda Cavallini explica que os cuidados são relevantes para além de conter o envelhecimento, prevenir o aparecimento de lesões e doenças de pele como o câncer. “A pele não é somente algo ligado à beleza e autoestima, mas sim também de saúde, já que é o maior órgão do corpo humano. Ela funciona como uma barreira mediadora entre o nosso corpo e o meio externo e fica exposta a todas as intempéries do dia a dia como vento, frio, calor, sujidades, radiação solar, sem contar os microrganismos”, afirma.

Continua após a publicidade

A profissional esclarece que a genética influencia a perda de elasticidade e colágeno da pele. Fatores como o fototipo, os hábitos de vida e a genética definem como os cuidados devem ser tomados, por exemplo maquiagens adequadas para cada tipo de pele fazem toda a diferença na saúde com o passar do tempo.

Ao longo da manhã, tarde e noite os cuidados com a pele requerem atenção especial. A coordenadora indicou alguns passos para cada período do dia. “Durante a manhã, é importante controlar a oleosidade de pele que foi acumulada à noite, fazendo uma limpeza com os produtos indicados por um profissional. Logo após é preciso aplicar um protetor solar com fator de proteção no mínimo 30, pois durante o dia nos expomos à radiação do tipo UVA e UVB e ambas são maléficas à nossa saúde”, pontua.

Segundo ela, a grande questão da radiação é o envelhecimento precoce da pele. “O envelhecimento também é influenciado pelos fatores externos como o tabagismo, consumo de álcool, sono desregulado e principalmente a exposição ao sol. Para evitar esse envelhecimento precoce, e sobretudo as doenças de pele, como o câncer e a alteração que a radiação pode fazer no material genético da pele, é importante usar um protetor solar pela manhã”, ressalta.

Considerando que existe a pele seca e a oleosa, Kezia ponderou que durante a tarde é preciso fazer uma assepsia conforme o tipo de pele. “No período da tarde é importante fazer o controle da oleosidade, caso a pele seja mais oleosa. É recomendado, por exemplo o uso de um lenço umedecido específico para a pele do rosto e ainda deve ser feito o retoque do protetor solar”, destaca.

Pela noite, é interessante desenvolver uma rotina de limpeza, hidratação e uso de cosméticos específicos para serem usados durante o sono. “Ao se preparar para dormir, é preciso cuidar da pele usando dermocosméticos com formulações mais fortes porque eles vão agir por mais tempo. Primeiro é importante remover toda a maquiagem, higienizando a pele com uma água micelar que retira a oleosidade e as impurezas acumuladas na pele ao longo do dia. Assim, o uso de dermocosméticos durante a noite traz mais benefícios porque atuam durante o sono na nossa pele”, acrescenta Kezia.

Veja Também