Anvisa decide sobre liberação das vacinas Sputnik V e Covaxin, nesta sexta (04)

Os diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estão reunidos na tarde desta sexta-feira (04/06), para votar dois pedidos para a

Postado em: 04-06-2021 às 15h46
Por: Nielton Soares
Um pedido de importação do imunizante russo feito por governadores do Nordeste e do outro, indiano, pelo Governo Federal | Foto: ABr

Os diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estão reunidos na tarde desta sexta-feira (04/06), para votar dois pedidos para a liberação de importação de mais imunizantes contra a Covid-19.

Um dos pedidos é para importação da vacina russa Sputnik V, feito por governadores do Nordeste. O segundo é do imunizante indiano Covaxin, solicitado pelo Governo Federal.

Vale lembrar, que a importação das duas vacinas já foi negada anteriormente pelo órgão, quando alegou falta de informações que garantissem a segurança para a aplicação em humanos.

Continua após a publicidade

Após o caso, os diretores receberam nova documentação. E até o momento, conforme transmissão da reunião ao vivo, a tendência é que a agência aprove a compra dos imunizantes, adotando restrições para o uso.

Imunização

A tendência é que haja aplicação, inicialmente, em grupo restrito de pessoas, mediante estudos clínicos, para serem coletadas informações acerca dos efeitos das duas vacinas na população brasileira.

Acompanhe ao vivo

Veja Também